15:58 07 Maio 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    0 252
    Nos siga no

    Residentes do distrito Seongju realizaram um protesto contra os planos de instalar um sistema de defesa antimíssil norte-americano porque temem a radiação eletromagnética emitida pelo radar do sistema e exigem às autoridades para revogarem a decisão sobre sua implementação.

    Washington diz que o sistema vai defender a Coreia do Sul contra potenciais ameaças da Coreia do Norte. No entanto, a instalação THAAD torna automaticamente a região em um alvo de Pyongyang. O especialista militar Konstantin Sivkov expressou sua opinião sobre a matéria.

    “Naturalmente, as estações de radar do THAAD têm grande potência. <…> Se os americanos instalarem o sistema perto dos edifícios da cidade, isto será extremamente perigoso para a população. <…> A distância de edifícios civis deve ser de pelo menos várias dezenas de quilômetros, seria ainda melhor que fossem 150 quilômetros.”

    Sivkov acrescenta que instalando o THAAD os sul-coreanos aumentam os riscos para a segurança nacional: “O foguete, literalmente, pode cair sobre suas cabeças. Afinal, é evidente que, mesmo se o sistema de defesa dos EUA abata um míssil, ele não permanecerá no espaço e deverá cair em algum lugar.”

    Por sua vez, o secretário-geral da "Solidariedade para a paz e reunificação da Coreia", Oh Mi Chung, diz que a decisão sobre instalação do sistema de defesa antimísseis dos EUA no território da Coreia do Sul só prejudica a paz na península coreana. A Rússia e a China também acreditam que a implementação do THAAD na península apenas desestabiliza a região.

    Mais:

    Sistema de defesa antimíssil THAAD protegerá 2/3 do território da Coreia do Sul
    Coreia do Sul e EUA acordam instalação de sistema antimíssil THAAD
    Tags:
    civis, radiação, radar, THAAD, OTAN, Washington, EUA, Pyongyang, Seul, Coreia do Sul
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar