19:10 19 Junho 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    5281
    Nos siga no

    O ministro da Defesa russo, Sergei Shoigu, ordenou o desenvolvimento de medidas de confiança que reforcem a segurança dos voos na região do mar Báltico.

    "Cumprindo instruções do presidente da Rússia, o ministro da Defesa, general de exército Sergei Shoigu, ordenou a apresentação de propostas para a elaboração de medidas de confiança que reforcem a segurança dos voos na região do mar Báltico", disse ele em um comunicado.

    Ele precisou que se trata de uma série de medidas organizativas e técnicas, incluindo o uso de transponders pela aviação da Força Aeroespacial da Rússia.

    "No caso de disposição mútua dos países da OTAN para realizar seus voos com os transponders ativos perto da fronteira com a Rússia, os técnicos do Ministério da Defesa russo podem participar em uma discussão detalhada desse assunto a nível de peritos", acrescentou.

    Na sexta-feira (1), o presidente finlandês Sauli Niinisto, em um encontro com seu homólogo russo, Vladimir Putin, sugeriu a proibição na zona do Báltico dos voos de aviões com transponders desligados, referindo que esta prática envolve certos riscos.

    Por sua parte, Putin lembrou que os aviões russos não são os únicos que sobrevoam o mar Báltico sem ligar os dispositivos de identificação; também o fazem os aviões da OTAN e, ainda por cima, com frequência dupla, por comparação com as aeronaves russas.

    Ele prometeu, além disso, incluir o assunto na agenda da próxima reunião do Conselho Rússia-OTAN em Bruxelas, prevista para o dia 13 de julho.

    Mais:

    Meia-volta volver! Porque quer a OTAN melhorar relações com a Rússia
    Fortalecimento militar da OTAN mina reaproximação entre Rússia e Turquia
    Opinião: Brexit ajuda a evitar a guerra entre Rússia e OTAN
    Tags:
    transponder, avião, Ministério da Defesa (Rússia), Sergei Shoigu, Vladimir Putin, Mar Báltico, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar