20:27 23 Fevereiro 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    3380
    Nos siga no

    Caças interceptores MIG-31 realizaram um ataque simulado contra o "inimigo" convencional na região da Península de Kamchatka.

    Os jatos de combate da Aviação Naval da Rússia foram mobilizados do aeródromo de Yelizovo, localizado na península de Kamchatka, após um alerta operacional para simular um ataque aéreo contra as posições do inimigo, no âmbito dos exercícios táticos organizados pelo Ministério da Defesa.

    "Os caças interceptores MiG-31 foram enviados em tempo reduzido para a área da alegada violação da fronteira por parte de um avião do inimigo convencional. Os padrões de carregamento das munições e a descolagem do avião foram examinados durante o voo bem como a interação entre a tripulação do avião e as equipas terrestres", disse o porta-voz do Distrito Militar Oriental da Rússia Igor Maiborodov.

    De acordo com ele, os pilotos do caça treinaram a descolagem e aterragem do avião em tempo reduzido na situação de um ataque simulado.

    Mais:

    Nota alta: caça stealth russo T-50 'está pronto para produção em massa' (FOTOS)
    Caça russo PAK FA pode atingir Everest quase instantaneamente
    Tags:
    interação, violação, ataque aéreo, alerta, jato, caça, Ministério da Defesa (Rússia), Península de Kamchatka, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar