20:13 20 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    O helicóptero de combate antissubmarino Mi-14

    Helicópteros russos voltarão a ter bombas

    © Sputnik/ Vyacheslav Afonin
    Defesa
    URL curta
    61861262

    O Ministério da Defesa da Rússia está considerando a possibilidade de voltar a armar helicópteros de combate com bombas, além das armas e mísseis, afirmou o vice-ministro da defesa Yuri Borisov nesta quinta (19) durante a exposição HeliRussia 2016.

    O vice-ministro da defesa Yury Borisov
    © Sputnik/ Mikhail Klimentiev
    O vice-ministro da defesa Yury Borisov

    "A questão do retorno de aramar helicópteros de combate com bombas está considerado agora, devemos entender se tiver a necessidade nisso", disse ele.

    Segundo o vice-ministro, a principal tendência no desenvolvimento de helicópteros para próximos anos será o aumento de alcance dos mísseis para permitir os lançar fora de área protegida pelos sistemas de defesa antiaérea.

    Borisov também confirmou que o Ministério da Defesa planeja reiniciar a produção de helicópteros antissubmarinos Mi-14, capazes de transportar uma bomba nuclear. 

    O helicóptero russo Mi-14 foi retirado do serviço em 1996, provavelmente, sob a pressão dos EUA.

    No total neste ano o Ministério da Defesa espera receber 87 helicópteros de vários tipos, acrescentou o vice-ministro.

    Mais:

    Egito conclui primeiros testes do porta-helicóptero Mistral
    Rússia desenvolve novo helicóptero antissubmarino
    Tags:
    sistema antiaéreo, alcance, mísseis, armas, bombas, helicóptero, Mi-14, Ministério da Defesa (Rússia), Yuri Borisov, EUA, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik