20:10 23 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    Lançadores de foguetes múltiplos russos

    Comunistas russos chamam a deslocar lançadores de foguetes para Cuba

    © Sputnik / Pavel Lisitsin
    Defesa
    URL curta
    34563
    Nos siga no

    Dois membros do Partido Comunista da Rússia enviaram um pedido às autoridades do seu país propondo a reabertura da estação de intercepção de sinais em Lourdes, Cuba, e de deslocamento de lançadores de foguetes múltiplos russos para a ilha como resposta às ações dos EUA.

    A iniciativa dos parlamentares russos é considerada como uma resposta ao acordo entre os EUA e a Turquia sobre o deslocamento de sistemas de lançadores múltiplos de foguetes (HIMARS) de alta mobilidade na parte sudoeste da Turquia, perto da fronteira com a Síria.

    A nota do Ministério das Relações Exteriores da Turquia sobre a instalação de sistemas HIMARS na Turquia foi publicada pela Reuters em 26 de abril deste ano.

    "As características técnicas dos foguetes HIMARS permitem usá-los, segundo os dados disponíveis, para atingir alvos à distância até 500 km. Por isso, eles representam uma ameaça séria para os aliados da Rússia no âmbito da Organização do Tratado de Segurança Coletiva (OTSC) como, por exemplo, a Armênia", afirmaram os parlamentares.

    Como resposta simétrica, os deputados apresentaram a proposta de deslocar para Cuba sistemas de lançadores múltiplos de foguetes russos de potência igual ou superior ao HIMARS e a reabertura da estação de intercepção de sinais na ilha, fechada em 2002. A estação da intercepção radioeletrônica, localizada em Lourdes, perto da Havana, era uma instalação muito importante para a inteligência soviética na época da URSS.

    Durante a Crise dos Mísseis de Cuba, a resposta da URSS permitiu impedir a implantação de mísseis estadunidenses na Turquia, recordaram os deputados comunistas.

    "Nós podemos usar a experiência soviética para conter as intenções expansionistas dos Estados Unidos hoje", observaram os parlamentares.

    Mais:

    Rússia fornece mísseis S-300 ao Irã antes da data prevista
    Kiev testa mísseis com capacidade de transportar ogivas nucleares
    China e Índia interessadas em comprar mísseis interceptores russos
    Tags:
    foguete, nota, lançador de mísseis, HIMARS, Organização do Tratado de Segurança Coletiva (OTSC), URSS, Armênia, Turquia, EUA, Cuba, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar