19:33 25 Fevereiro 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    9415
    Nos siga no

    O B-52, que é o principal bombardeiro dos EUA, continuará a sua atuação em ataques aéreos no Iraque.

    Segundo o comandante Steve Warren, no seu primeiro voo da segunda-feira (18), foi destruído um armazém perto da cidade de Qayyarah.

    Contudo, o comandante não divulgou informações sobre os armamentos que foram usados na operação.

    Warren acrescentou que o B-52 irá continuar assestando ataques aéreos exatos na região da guerra.

    B-52 é um bombardeiro estratégico da segunda geração utilizado desde o ano de 1955; ele continua sendo o principal avião da aviação norte-americana. O B-52 pode transportar uma carga de 31,5 toneladas, incluindo o equipamento de precisão e os diferentes tipos de armas.

    O Daesh se tornou uma das principais ameaças à segurança global e nos últimos três anos conquistou grandes partes dos territórios do Iraque a da Síria. O grupo vem tentando estender seu domínio ao norte da África, especialmente na Líbia.

    Em setembro de 2014, uma coalizão de 65 países liderada pelos EUA começou a realizar ataques aéreos contra posições do Daesh e da Frente Nusra na Síria e no Iraque. 

    Mais:

    EUA enviam três bombardeiros estratégicos B-52 à Noruega
    Tags:
    aviação militar, operação, ataque aéreo, B-52, Steve Warren, Iraque
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar