06:00 22 Outubro 2017
Ouvir Rádio
    Um caça PAK FA T-50 durante voo de demonstração no Salão Internacional Aéreo-Espacial MAKS 2013

    Caça russo encanta em show aéreo no Bahrein

    © Sputnik/ Alexey Filippov
    Defesa
    URL curta
    Defesa da Rússia (214)
    407634723

    O rei do Bahrein visitou os hangares de várias empresas estrangeiras durante o Bahrein International Airshow 2016, inclusive os da Sukhoi, da Rosoboronexport e da holding Helicópteros da Rússia.

    O rei do Bahrein, Hamad bin Isa Al Khalifa, expressou interesse no caça de quinta geração Sukhoi T-50 (PAK FA). A produção em série de uma versão de exportação da aeronave deve começar em 2020.

    O rei também mostrou-se interessados por helicópteros russos como o Ka-226T, o Ansat, o Ka-32A11BC e o Mi-171A2, segundo uma fonte na delegação russa.

    O T-50 foi visto pela primeira vez em janeiro de 2010, quando foi apresentado no show aéreo MAKS-2011. O caça deve passar a fazer parte da ForAérea russa em 2016. Sua produção em massa começará em 2017, segundo disse neste sábado o coronel-general Viktor Bondarev, das Forças Aeroespaciais.

    “Tenho 100% de certeza que terminaremos os testes conjuntos este ano. A aeronave deve ser produzida em massa no ano que vem”, disse Bondarev aos jornalistas.

    O comandante informou ainda que visitou recentemente Komsomolsk-on-Amur para ver o trabalho da empresa. “Hoje, o 11º e últimos da série T-50 está 60-70% pronto”, revelou.

    O T-50, equipado com aviônica moderna e sistemas de voo inteiramente digitais, será o primeiro avião furtivo operacional das Forças Aeroespaciais russas.

    Tema:
    Defesa da Rússia (214)

    Mais:

    Primeiro caça T-50 russo inicia voos de teste
    Rússia: Novo caça Sukhoi T-50 estreia no Salão Aeroespacial Internacional MAKS 2015
    Caça russo T-50 confirma expectativas e apresenta excelentes resultados em voos de teste
    Mídia: Austrália se preocupa com inferioridade do F-35 perante caça russo T-50
    Tags:
    interesse, exposição, helicóptero, caça, Mi-171, Ka-32, Ka-226T, T-50, Hamad bin Isa al-Khalifa, Bahrein, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik