21:24 21 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    6136
    Nos siga no

    Países-membros da OTAN devem anunciar em breve seus planos de fornecer sistemas antiaéreos para a Turquia, disse à Sputnik um oficial da OTAN nesta quarta-feira.

    A Aliança concordou na última sexta-feira a fornecer a Ancara um pacote de defesa antiaérea que incluirá aviões AWACS de vigilância, melhor policiamento aéreo e maior presença naval. Anteriormente, também em dezembro, a Espanha anunciou que posicionaria seus sistemas de mísseis Patriot na Turquia.

    "Estamos gratos pela decisão da Espanha de estender seu posicionamento de mísseis Patriot à Turquia em 2016 e esperamos outros anúncios em breve", disse o oficial. "Aliados também posicionarão aeronaves para auxiliar as defesas aéreas."

    O oficial a OTAN disse ainda que os aliados estavam comprometidos com a defesa da Turquia e "continuarão a contribuir para aumentar a estabilidade na região."

    A Espanha posicionou dois sistemas antiaéreos Patriot (desenvolvidos nos EUA) e 130 soldados na Turquia no começo de 2015 devido ao conflito na Síria e a escalada da situação no Iraque.

    Em outubro, os mísseis Patriot foram retirados para manutenção. O Comandante da OTAN, general Philip Breedlove, afirmou pouco depois que os mísseis não retornariam ao país, mas os aliados do bloco militar tomariam medidas para defender o espaço aéreo turco.

    A Alemanha também retirou seus mísseis Patriot da Turquia porque sua missão no país termina no mês que vem, segundo relatos desta quarta-feira.

    "Respeitamos inteiramente a decisão nacional tomada pelo governo alemão alguns meses atrás", disse o oficial.

    Baterias de mísseis alemãs foram posicionadas na província de Kahramanmaras, no sul da Turquia, a cerca de 100 quilômetros da fronteira com a Síria no início de 2013, juntamente com mísseis enviados pelos EUA e pela Holanda. Na ocasião, Ancara pediu a ajuda da OTAN em sua defesa aérea contra a Síria.

    Mais:

    Avanço do Talibã mostra que estratégia da OTAN não é perfeita
    ‘OTAN é o câncer da Europa’
    Defesa belga se recusa a pagar por novo prédio da OTAN
    Rússia, OTAN e Europa: quem aumenta as tensões?
    Tags:
    Turquia, Alemanha, Espanha, Philip Breedlove, OTAN, Patriot, ajuda militar, Defesa, sistema antiaéreo
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar