16:54 14 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Aleksandr Lukashenko e Vladimir Putin

    Presidente bielorrusso quer falar da base aérea russa com Vladimir Putin

    © Sputnik/
    Defesa
    URL curta
    7672

    O presidente bielorrusso Aleksandr Lukashenko pretende discutir a instalação da nova base aérea na Bielorrússia com Vladimir Putin.

    “Vamos discutir o assunto com o presidente russo”, disse Aleksandr Lukashenko respondendo à pergunta sobre a base aérea. 

    No início de setembro o governo russo aprovou o acordo sobre a base aérea no país vizinho. O acordo visa contribuir para a segurança das fronteiras externas da União da Rússia e Bielorrússia e a criação do sistema unido regional de defesa aérea dos dois países.

    Na altura, o primeiro-ministro Dmitry Medvedev disse que a Rússia estava pronta para estabelecer bases aéreas no território de todos os seus aliados no quadro da Organização do Tratado de Segurança Coletiva (OTSC).

    A OTSC é uma aliança militar formada em 1992, atualmente com seis membros: Rússia, Tajiquistão, Cazaquistão, Quirguistão, Armênia e Bielorrússia, bem como dois países observadores – o Afeganistão e a Sérvia.

    A Rússia tem presentemente bases aéreas no Quirguistão e na Arménia. Está planejando estabelecer no próximo ano uma terceira base aérea para aviões de combate no leste de Bielorrússia.

    Além disso, o presidente Lukashenko destacou que, em caso da sua reeleição, a Bielorrússia será um “amigo e irmão da Rússia”.

    Hoje no país se realizam eleições presidenciais, que têm tido grande comparecimento dos eleitores às urnas.

    Mais:

    Líderes da OTSC chamam a atenção para uma nova corrida armamentista
    Representantes de 40 países acompanham exercícios militares na Rússia
    Bielorrússia não vai desistir da família tradicional sob influência do Ocidente
    Tags:
    base aérea, Organização do Tratado de Segurança Coletiva (OTSC), Aleksandr Lukashenko, Vladimir Putin, Bielorrússia, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik