01:51 27 Fevereiro 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    Defesa da Rússia (214)
    3151
    Nos siga no

    O porta-voz do Ministério da Defesa da Rússia, coronel Igor Klimov, anunciou à imprensa, nesta quarta-feira, 12, o aniversário de 103 da Força Aérea da Rússia.

    Sergei Shoigu, ministro da Defesa da Rússia
    © Sputnik / Russian Defense Ministry
    Ele lembrou que desde 1 de agosto deste ano a Força Aérea russa passou a integrar, após sua unificação com as Forças de Defesa Aeroespacial, um novo ramo das Forças Armadas do país, chamado de Forças Aeroespaciais da Rússia.

    Em comunicado, Klimov frisou a suma importância da aviação militar para o país, que exerce um amplo leque de tarefas como defesa das fronteiras federais no espaço aéreo, desembarque de paraquedistas e deslocamento de Tropas Aerotrasnportadas.

    "Além disso, a Força Aérea cumpre regularmente tarefas especiais, incluindo patrulhamento aéreo, combate a granes incêndios florestais, evacuação de vítimas de diversas calamidades e muitos mais" – disse o coronel.

    Klimov destacou que, atualmente, nenhum exercício militar de grande porte é realizado na Rússia sem a devida participação da Força Aérea. "Nos últimos anos, competições militares têm desempenhado  um importante papel na preparação de pilotos" – completou.

    O porta-voz frisou ainda que a Força Aérea, ou atualmente as Forças Aeroespaciais da Rússia, estão recebendo grandes investimentos federais pelo programa de rearmamento do país e sendo constantemente modernizadas com modelos de armamentos e equipamentos de última geração.

    Entre alguns desses modelos Klimov citou os caças Su-35s, Su-30sm, Su-34 e os helicópteros de ataque Mi-28n e Ka-52. Além disso, ele revelou que nos próximos anos serão fornecidos caças interceptadores Mig-35s e caças de quinta geração T-50.

    Essas informações foram reforçadas hoje pelo comandante das Forças Aeroespaciais da Rússia, General Viktor Bondarev.

    "A partir de 2012, nós recebemos mais de 300 aviões e helicópteros e, em 2020, esse número estará perto de 1.000 novos aviões e helicópteros, além dos aviões e helicópteros modernizados” – disse Bondarev em entrevista ao canal de TV russo Rossiya-24.

    Tema:
    Defesa da Rússia (214)

    Mais:

    Caça russo de quinta geração será produzido a partir do próximo ano
    Ministério da Defesa da Rússia receberá 48 novos caças Su-35
    Mídia: Índia 'bateu' Reino Unido usando caças russos
    Especialista diz que EUA estão preocupados com superioridade dos caças de Rússia e China
    Tags:
    caças, defesa aérea, aviação, Força Aeroespacial da Rússia, Força Aérea da Rússia, Igor Klimov, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar