06:07 23 Outubro 2017
Ouvir Rádio
    JAS 39 Gripen da Força Aérea sueca

    Senado aprova operação de crédito para compra de 36 caças Gripen

    © AFP 2017/ PATRIC SODERSTROM / SCANPIX SWEDEN / AFP
    Defesa
    URL curta
    71405317

    O plenário do Senado aprovou nesta quarta-feira (5) autorização para que o Brasil faça a contratação de operação de crédito que possibilitará a compra de caças suecos Gripen. O valor autorizado é de até US$ 245.325.000, o equivalente a quase R$ 16 bilhões.

    O dinheiro será usado para compra de 36 aviões, que serão entregues entre 2019 e 2024. O projeto inclui também suporte logístico e compra de armamentos necessários à operação dos caças. A contratação de crédito será firmada com a agência sueca de crédito às exportações (Ab Svensk Exportkredit).

    Líder do governo no Senado, Delcídio Amaral (PT-MS) ressaltou que a operação vai além da compra dos aviões. Segundo o senador, ela inclui a transferência de tecnologia, que poderá beneficiar toda a indústria brasileira, informou Agência Brasil.

    “É extremamente relevante para o país essa operação. Temos um grande desafio tecnológico, de segurança e soberania. Portanto, não é gasto desnecessário. Pelo contrário. Isso gerará filhote, que vai impactar diretamente as indústrias aeronáutica, de eletrônica e aviação. O Brasil terá muitos benefícios”, afirmou Delcídio.

    Ele explicou que, dos US$ 4,5 bilhões previstos, 95% dos recursos estarão atrelados à coroa sueca e o restante será em dólares. O senador explicou que uma maior presença de recursos em coroas suecas servirá para uma proteção cambial, segundo Agência Estado. 

    Delcídio explicou ainda que os juros da operação são "extremamente compatíveis", sendo menores do que os captados pelo Tesouro Nacional. Segundo ele, até 2026, o país vai pagar apenas os juros, de 2,9% ao ano, e, a partir daí, haverá a amortização do montante principal da dívida. "Sem dúvida nenhuma a capacidade alavancadora desse projeto é extraordinária", concluiu o líder do governo.

    Tags:
    Defesa, Gripen, Delcídio Amaral, Suécia, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik