13:42 22 Outubro 2017
Ouvir Rádio
    Ensaio para a parada do dia da Marinha em Baltiysk

    Nova Doutrina Naval russa: toda a atenção no Atlântico e no Ártico

    © Sputnik/ Igor Zarembo
    Defesa
    URL curta
    153944807

    No Dia da Marinha, que se assinala hoje na Rússia, o presidente Putin aprovou a nova versão da Doutrina Naval da Federação. Esta informação foi prestada pelo vice-primeiro-ministro Dmitry Rogozin.

    Segundo Rogozin, a doutrina abrange seis direções — o Atlântico, o Ártico, o Pacífico, o Índico e uma nova — a Antártida.

    A principal atenção é prestada ao Atlântico e ao Ártico. 

    De acordo com o texto do documento, a nova versão da Doutrina Naval estabelece a inadmissibilidade dos planos de aproximação da infraestrutura militar da OTAN das fronteiras da Federação Russa como fator determinante das relações com a aliança. A nova doutrina prevê ainda a redução das ameaças à segurança nacional no Ártico e o reforço das posições de liderança da Federação Russa na exploração desta região.

    A nova versão da Doutrina Naval coloca igualmente o objetivo de melhorar a composição da Frota do Mar Negro e desenvolver a respetiva infraestrutura na Crimeia.

    Preconiza-se desenvolver ainda a Frota do Norte, aumentando os seus parâmetros quantitativos e qualitativos.

    "As razões para adotar uma nova doutrina têm a ver com as alterações da situação política internacional e com o fortalecimento objetivo da Rússia como grande potência naval", declarou o vice-primeiro-ministro Dmitry Rogozin aos jornalistas.

    Tags:
    doutrina, Marinha, OTAN, Dmitry Rogozin, Vladimir Putin, Ártico, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik