01:09 24 Julho 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    Defesa da Rússia (214)
    2331
    Nos siga no

    Duas divisões de forças de mísseis estratégicos da Rússia receberão antes do fim do ano dois regimentos de mísseis Topol-M e um de mísseis Yars, informou nesta terça-feira à imprensa o ex-chefe do Estado Maior das Forças de Mísseis Estratégicos (RVSN, na sigla em russo) e atual assessor do atual comandante, o coronel-general Victor Yesin.

    "Está em andamento o processo de rearmamento das divisões Novosibirsk e Nizhny Tagil. Até o fim do ano, a divisão de Novosibirsk terá um novo regimento, e a de Nizhny Tagil, dois."

    Yesin informou ainda que o processo de rearmamento da divisão de Teykovo foi concluída com sucesso.

    "Atualmente, a divisão de mísseis de Teykovo foi reequipada com sistemas terrestres móveis de mísseis Topol-M, dois regimentos, e Yars, dois regimentos, estando completo o rearmamento dessa divisão."

    As Forças de Mísseis Estratégicos são o componente terrestre das Forças Estratégicas Nucleares da Rússia e se mantêm em permanente prontidão de combate, cumprindo uma missão de dissuasão nuclear.

    As RVSN têm em seus arsenais mísseis intercontinentais de classe pesada (RS-20V Voevoda ou Satanás, segundo a classificação ocidental) e de classe ligeira (RS-18 Stilet e RS12M2 Topol-M), assim como o novo míssil balístico intercontinental RS-24 Yars (SS-X-29 para a OTAN), que é uma versão modernizada do Topol-M, com alcance de 11 mil quilômetros.

    Tema:
    Defesa da Rússia (214)

    Mais:

    Míssil que substituirá temido Satan será testado em dois anos
    Oito mísseis balísticos intercontinentais entraram em serviço em força especial russa
    Tags:
    rearmamento, mísseis, Topol, Yars, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar