20:33 23 Outubro 2017
Ouvir Rádio
    Jogos Militares Internacionais Army 2016

    Putin: fabricação de armas garante crescimento econômico

    © Sputnik/ Alexander Vilf
    Defesa
    URL curta
    Defesa da Rússia (214)
    112952341

    A fabricação de armamentos é um tema que garante a capacidade defensiva do país e também o crescimento econômico, declarou nesta quinta-feira o presidente da Rússia, Vladimir Putin, ao participar de uma conferência interativa no dia do recebimento de produtos militares que comemora o Ministério da Defesa da Rússia.

    "A produção de novas armas e outros materiais militares é tanto uma questão de capacidade defensiva, o que é muito importante (…), como de desenvolvimento da economia e de novas tecnologias, além de estar relacionado com a garantia de empregos", disse Putin.

    O sucesso nessas questões determina, em grau considerável, o clima social, ressaltou o presidente.

    Putin vem constatando que monitorar o cumprimento do pedido estatal em matéria de defesa dá resultados positivos.

    "Um controle permanente eleva a responsabilidade do complexo militar-industrial pelos compromissos assumidos e também nos permite introduzir as respectivas correções em nosso trabalho", disse Putin.

    Ao afirmar que a proporção de armas modernas nas Forças Armadas da Rússia vem aumentando e atualmente é de 30,5% a 70,7% em diversas tropas, o presidente reconhece que as empresas do complexo militar-industrial vêm conseguindo trabalhar em bom ritmo, o que permite cumprir os pedidos.

    Tema:
    Defesa da Rússia (214)

    Mais:

    Rússia retoma projeto de tanque a laser iniciado na era soviética
    Ministro Aldo Rebelo: Cooperação Brasil-Rússia em ciência e tecnologia é audaciosa
    Casa Branca: urânio enriquecido do Irã ser enviado para Rússia não é uma preocupação
    Rússia negocia fornecimento de Superjatos Sukhoi ao Irã
    Tags:
    fabricação, armas, Ministério da Defesa (Rússia), Vladimir Putin, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik