20:08 21 Julho 2018
Ouvir Rádio
    Navios tipo Mistral

    Rússia desiste dos porta-helicópteros franceses Mistral

    © AFP 2018 / JEAN-SEBASTIEN EVRARD
    Defesa
    URL curta
    0 871

    Moscou finalmente desistiu do ficar com os porta-helicópteros franceses da classe Mistral. Rússia e França agora estão discutindo somente o valor que Paris deve reembolsar o governo russo pelo não cumprimento do contrato.

    O vice- presidente do Complexo Industrial Militar russo, Oleg Buchkaryov, afirmou nesta terça-feira (26) que a conversa foi mudada, passando a ser “dê o nosso dinheiro de volta… Estamos discutindo apenas uma coisa: a soma exata que a França deve à Rússia”.

    Moscou e Paris assinaram um acordo de US$ 1,3 bilhões para dois porta-helicópteros da classe Mistral em 2011. A entrega do primeiro navio a Rússia estava prevista para novembro de 2014, mas nunca aconteceu. O presidente francês, François Hollande, colocou a entrega em espera devido a alegada interferência russa na crise ucraniana. O Kremlin negou veementemente as acusações e exortou Paris a cumprir as suas obrigações contratuais.

    Nesta terça-feira, Oleg Bochkaryov disse aos jornalistas que a Rússia tenciona construir seus próprios porta-helicópteros para substituir os não entregues pela França. “Nós temos esses tipos de navios planejados… mas vamos construí-los um pouco diferente. Nós não estamos copiando descaradamente o Mistral.”

    Tags:
    dinheiro, devolução, acordo, contrato, negócio, desistência, porta-helicópteros, Mistral, Kremlin, Paris, Moscou, França, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik