14:55 06 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    Putin e líderes estrangeiros colocam flores ao Túmulo do Soldado Desconhecido

    Putin: 70 anos após a vitória, segurança é a tarefa comum do mundo

    © Sputnik / Mikhail Klimetiev
    Defesa
    URL curta
    0 292
    Nos siga no

    Em seu discurso durante a Parada da Vitória, que acaba de terminar neste sábado em Moscou, o presidente russo destacou o papel do povo, agradeceu aos antifascistas de diferentes países e apelou a garantir segurança a internacional.

    A Segunda Guerra Mundial foi uma lição importantíssima para o mundo, ressaltou o presidente da Federação da Rússia. Mas hoje, quando o mundo comemora 70 anos da vitória da União Soviética e aliados na Segunda Guerra, o mundo ainda enfrenta ameaças à sua estabilidade, diz Vladimir Putin:

    "Nós vimos tentativas de criação de um mundo unipolar, vemos como a mentalidade de blocos militares vai ganhando força. Tudo isso mina o desenvolvimento sustentável no mundo".

    Para reforçar a estabilidade mundial, o presidente russo propõe criar um sistema igualitário de segurança:

    "A criação de um sistema igualitário de segurança para todos os países deve se tornar a nossa tarefa comum. Trata-se de um sistema capaz de enfrentar as ameaças contemporâneas, um sistema construído sobre uma base regional e global, fora de blocos. Só dessa maneira poderemos garantir a paz e a tranquilidade no planeta".

    Vitória popular

    No seu discurso, Vladimir Putin destacou o papel de todos os povos que combateram o nazismo, que foi decisivo para a vitória.

    Parada de Vitória em Moscou
    © Sputnik /
    Parada de Vitória em Moscou

    Também agradeceu aos aliados, inclusive ao Reino Unido, à França, aos EUA, à China e a outros países, que combateram o nazismo alemão, o fascismo italiano e o militarismo japonês.

    Além disso, o presidente russo lembrou a atuação corajosa dos antifascistas, que ajudaram clandestinamente a causa da vitória.

    Mais:

    Leste da Ucrânia celebra 70 anos da vitória
    Pracinha homenageado por Dilma lamenta que o mundo ainda viva em guerra
    Tags:
    desfile militar, parada, Parada da Vitória, Segunda Guerra Mundial, Vladimir Putin, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar