00:50 02 Abril 2020
Ouvir Rádio
    Cultura
    URL curta
    265
    Nos siga no

    Agentes federais dos EUA recuperaram uma cópia roubada de uma carta escrita por Cristóvão Colombo há mais de 500 anos. A relíquia tem um valor estimado em US$ 1,3 milhão.

    Trata-se de uma cópia de mais de 500 anos de idade que desapareceu há décadas da Biblioteca Nacional Marciana em Veneza, Itália.

    A cópia roubada da rara carta de Cristóvão Colombo foi recuperada – e não é a primeira vez

    A carta foi encontrada nos pertences de um colecionador, que afirmou à Procuradoria de Delaware ter comprado a carta de um vendedor de livros raros nos EUA.

    Apesar de a carta ser uma das várias dezenas de cópias impressas do manuscrito original de abril de 1493, o achado é valioso visto que as cópias que se encontravam em várias bibliotecas europeias foram roubadas sem que as direções das bibliotecas ficassem sabendo.

    A biblioteca veneziana adquiriu uma cópia da carta em 1875, e foi roubada há mais de 100 anos.

    A cópia da carta é avaliada em US$ 1,3 milhão (R$ 5,4 milhões) e é a primeira carta em que Cristóvão Colombo descreveu ao rei Fernando da Espanha as suas façanhas na América.

    Mais:

    Reveladas cores de famoso ídolo inca que se acreditava ter sido destruído no século XVI (FOTOS)
    Arqueólogos descobrem misteriosas pedras de 4.000 anos com formas humanas (FOTO)
    Revelação inédita mostra mulher mais bela do Antigo Egito
    Tags:
    Itália, EUA, relíquias, carta
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar