16:10 01 Dezembro 2020
Ouvir Rádio
    Cultura
    URL curta
    202
    Nos siga no

    O misterioso comprador da pintura de Leonardo da Vinci "Salvator Mundi" (Salvador do Mundo) é o príncipe saudita, Bader bin Abdullah bin Mohammed bin Farhan al-Saud, informa o jornal The New York Times.

    Segundo revela o jornal, o comprador é amigo do príncipe herdeiro da Arábia Saudita, Mohammed bin Saud.

    A pintura de Leonardo da Vinci, vendida por mais de 450 milhões de dólares (R$ 1,5 bilhão), será exposta no Louvre de Abu Dabi, segundo anunciou o museu na quarta-feira (6) no Twitter.

    O quadro de Leonardo da Vinci foi vendido no leilão Christie’s em novembro, batendo todos os recordes. Claro que o nome do comprador não foi revelado.

    ​O preço da pintura do legendário pintor florentino superou muito o da pintura "Mulheres de Argel" de Pablo Picasso, vendida por mais de 179,4 milhões de dólares em maio de 2015.

    "Salvator Mundi" é uma pintura de Jesus Cristo em óleo sobre tela com dimensões de 45x66 centímetros do ano de 1500 – aproximadamente – que foi leiloada em 2005, ano que a encontraram.

    Posteriormente, a obra foi leiloada na Christie’s pelo oligarca russo Dmitry Rybolovlev que em 2013 a tinha comprado por 127,5 milhões de dólares de Yves Bouvier, negociante de arte suíço. Bouvier tinha comprado a obra anteriormente naquele mesmo ano por 80 milhões de dólares.

    Mais:

    Novo tipo de negócio: modelo vende virgindade em leilão por 2,5 milhões de euros
    Diamante impecável é vendido em leilão por preço recorde
    Cientistas revelam história da misteriosa múmia de 1.900 anos com retrato (VÍDEO)
    Tags:
    venda, leilão, pintura, obra, Sotheby's, Christie´s, Pablo Picasso, Leonardo Da Vinci
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar