12:29 23 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    Flores são colocadas na frente do retrato do ex-embaixador russo na Turquia, Andrei Karlov, no Ministério das Relações Exteriores em Moscou, um dia após o seu assassinato na capital turca

    Imagem do assassinato do embaixador russo na Turquia ganha World Press Photo 2017

    © AFP 2019 / Natalia KOLESNIKOVA
    Cultura
    URL curta
    Embaixador russo assassinado na Turquia (48)
    231
    Nos siga no

    O fotógrafo da AP, Burhan Ozbilici, venceu o concurso World Press Photo 2017 pela imagem do embaixador russo, Andrei Karlov, que foi assassinado na Turquia e do seu assassino, comunicaram os organizadores da competição na segunda-feira (13) em um comunicado à imprensa.

    Andrei Karlov foi assassinado a tiros na abertura de uma exposição de fotografias, realizada no Centro de Arte Contemporânea de Ancara, no dia 19 de dezembro. Três pessoas ficaram feridas devido ao tiroteio. O atirador foi morto pela polícia no local onde ele assassinou o embaixador russo. O Ministério das Relações Exteriores russo considerou o ataque um ato terrorista.

    "Foi uma decisão muito muito difícil, mas, no fim das contas, sentimos que a imagem do Ano seria a foto explosiva que expressa o ódio dos nossos tempos. Todas as vezes quando ela apareceu nas telas, a vontade que dava era de se afastar por ser tão explosiva. Acreditamos que esta foto represente a definição do que o concurso World Press Photo do Ano é e significa", disse Mary F. Calvert, fotógrafa e jurada do concurso internacional, conforme citada no comunicado à imprensa.

    World Press Photo é uma organização sem fins lucrativos com sede na Holanda, famosa pela sua competição anual de melhor fotografia.

    Entretanto o senador russo Alexei Pushkov duvida que a decisão de dar vitória à fotografia da morte do ex-embaixador da Rússia, que foi assassinado na Turquia, tenha sido correta.

    "Sinto que a primeira colocação do concurso World Press Photo para foto do assassinato de Andrei Karlov possua uma cova moral, qualquer que tenham sido as explicações da premiação", escreveu Pushkov em sua página no Twitter.

    Mevlut Mert Altintas grita ao assassinar Andrei Karlov – ex-embaixador russo na Turquia, em uma galeria de arte em Ancara, Turquia, 19 de dezembro de 2016
    © AP Photo / Burhan Ozbilici
    Mevlut Mert Altintas grita ao assassinar Andrei Karlov – ex-embaixador russo na Turquia, em uma galeria de arte em Ancara, Turquia, 19 de dezembro de 2016
    Tema:
    Embaixador russo assassinado na Turquia (48)

    Mais:

    Artigo que justificou morte de Karlov gera repercussão mas autor recusa pedir desculpas
    Especialista: Objetivo do assassinato do Embaixador Karlov seria afastar Rússia da Turquia
    OSCE condena assassinato de Karlov em reunião extraordinária convocada pela Rússia
    Tags:
    Andrei Karlov, Holanda, Turquia, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar