13:45 16 Janeiro 2018
Ouvir Rádio
    Animação Three Love Stories de  Svetlana Filippova
    Reprodução Svetlana Filippova

    Rio de Janeiro recebe Mostra de Animação Russa inédita na América Latina

    Cultura
    URL curta
    Geórgia Cristhine
    0 110

    De 17 a 29 de maio acontece na Caixa Cultural, no Centro do Rio de Janeiro, a Mostra de Animação Russa. O festival, que é inédito na América Latina, reúne 37 desenhos animados de 20 diretores, realizados entre os anos de 1950 e 2014.

    Em entrevista exclusiva para a Sputnik, uma das curadoras da mostra Maria Vragova falou sobre a importância do cinema russo, que é um dos mais expressivos do mundo, e que tem a animação como uma tradição do país, ressaltando a importância da mostra.

    “É uma tradição grande na antiga União Soviética e na Rússia atual. O cinema russo é pouco conhecido no Brasil, pois poucos filmes chegaram ao país, apesar de que recentemente ganharam vários prêmios até no Anima Mundi, mas uma retrospectiva dessas realmente nunca aconteceu no Brasil, e acredito realmente nem na América Latina," explicou a curadora.

    Quanto ao perfil das animações, Maria Vragova destaca que os filmes da antiga União Soviética mostram sempre um lado mais humanista do que político.

    “Durante toda a existência da União Soviética a animação nunca era politizada, ao contrário, era muito humanizada, especialmente depois da Segunda Guerra Mundial, quando os principais temas da propaganda interna eram Paz e Humanismo, então, a animação também pegou isso, e aborda vários temas da existência humana e do humanismo, que é típico tanto do cinema autoral russo, quanto para a animação que também é muito autoral.”

    Sobre o público alvo, a curadora disse que a Mostra de Animação Russa é para todas as idades, com programação para adultos e crianças. 

    Maria Vragova, contou que além dos filmes, o projeto conta também com outras atividades em paralelo, como debates e até lançamento de livro.

    “Teremos as mesas-redondas com bate papo com a diretora Svetlana Filippova, que é uma das animadoras mais interessantes e atuais da Rússia. Além disso, pela primeira vez em português foi traduzido o livro Tarakã (Baratão), do Kornei Tchukóvski, que é um escritor infantil russo, como se fosse Monteiro Lobato, no Brasil e que nunca foi traduzido antes para o português, e que será lançado no dia 28, às 17h.” 

    Para saber toda a programação da Mostra de Animação Russa é só acessar o site da Caixa Cultural RJ.

    Tags:
    cinema russo, animação, arte, Rio de Janeiro, Rússia, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik