09:49 18 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    Retrato de Gian Giacomo Caprotti, pintor italiano

    Especialista alega ter encontrado amante de Da Vinci na Mona Lisa

    Cultura
    URL curta
    388924

    No retrato de Lisa Gherardini, o especialista italiano Silvano Vinceti encontrou os traços do suposto amante do pintor, Gian Giacomo Caprotti da Oreno, mais conhecido como “Salai” (Diabinho), relata o jornal The Independent.

    Vinceti submeteu o quadro a uma análise infravermelha e concluiu que a Mona Lisa está baseada em duas pessoas: Lisa Gherardini e Salai. A semelhança com o jovem está presente no sorrido da Gioconda.

    Outros críticos de arte não concordam com as conclusões de Vinceti. Martin Kemp, especialista nas obras de Leonardo da Vinci, classificou a investigação de Vinceti como “uma mistura do conhecido, do semiconhecido e do inventado”.

    “A análise infravermelha não pode confirmar que Salai esteja pintado no quadro”, ressaltou Kemp.

    O nome completo da Mona Lisa — ou Gioconda — é “Retrato da Senhora Lisa de Giocondo”. O quadro foi criado por Da Vinci de 1303 a 1305. Diz-se que o mestre pintou Lisa Gherardini, esposa de Francisco del Giocondo, um comerciante de seda de Florença.

    Segundo vários cientistas, Salai começou a trabalhar com Leonardo aos 10 anos de idade. A relação íntima entre o mestre e seu aprendiz, contudo, nunca foi confirmada.

    Tags:
    especialista, arte, análise, investigação, Gioconda, Mona Lisa, Leonardo Da Vinci, Itália
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik