23:47 19 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Cultura
    URL curta
    0 01
    Nos siga no

    Morreu nesta quarta-feira (9), aos 90 anos, o músico, maestro e produtor musical, George Martin, conhecido por seu trabalho com os ‘Beatles’, sendo considerado como o quinto integrante do grupo de Liverpool.

    Segundo a imprensa britânica, Martin morreu em casa e em paz. Em comunicado, a família agradeceu "a todos pelos pensamentos, orações e mensagens de apoio". A causa da morte ainda não foi divulgada. 

    O produtor musical foi fundamental para o impulso na carreira dos ‘Beatles’, acompanhando a banda desde o começo e ajudando nos arranjos de algumas das músicas mais famosas do ‘fab four’. 

    Em nota divulgada em sua página do facebook, Paul McCartney lamentou a morte do colega e amigo, destacando alguns momentos memoráveis que o ex-beatle teve trabalhando ao lado de George Martin. Ele destaca quando o produtor sugeriu inserir um quarteto de cordas na música ‘Yesterday’, que causou suspeita por parte da banda no início, mas que se tornou um dos maiores sucessos dos Beatles. 

    “Quando gravamos o quarteto de cordas em Abbey Road, foi tão emocionante perceber que a sua ideia foi tão acertada que eu contava para as pessoas sobre isso durante semanas. Sua ideia obviamente funcionou, pois a música mais tarde se tornou uma das canções mais regravadas com versões de Frank Sinatra, Elvis Presley, Ray Charles e muito mais”, disse McCartney.  

    Em mensagem publicada no Twitter, o ex-baterista dos ‘Beatles’, Ringo Starr, também manifestou escreveu uma nota lamentando a morte de Martin. "Deus abençoe George Martin, paz e apor para Judy e sua família. Com amor, Ringo e Barbara. George, você vai fazer falta. George fará falta”. 

    Martin chegou a produzir mais de 700 álbuns, trabalhando com artistas como Rolling Stones, Elton John, Dire Straits, Celine Dion, entre outros. 

    Mais:

    Morre a primeira esposa de John Lennon
    Samba e Rock n’Roll: veja os artistas que não perdem a chance de fazer shows no Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar