20:39 13 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Sala de cinema

    Pela primeira vez a arrecadação dos cinemas chineses supera a dos americanos

    © Fotolia/ Mikhail Malyshev
    Cultura
    URL curta
    0 53

    O motivo principal disso foram os feriados de ano novo chinês, que coincidiram com fevereiro, a temporada mais baixa nos cinemas dos EUA. Ainda assim, nunca antes a indústria chinesa havia conseguido ultrapassar o gigante mercado de filmes norte-americano.

    A arrecadação dos cinemas chineses em fevereiro, segundo pesquisas da empresa Entgroup, pela primeira vez na história superou a das salas norte-americanas. Assim, por um mês, China se tornou o maior mercado de cinema do mundo, constata o jornal China Daily.

    Em fevereiro, os cinemas chineses arrecadaram 4,05 bilhões de yuans (cerca de US$ 647 milhões). A arrecadação na América do Norte no mesmo período foi de 710 milhões de yuans, 640 milhões dos quais são referentes aos EUA, informa o jornal.

    Os especialistas chineses afirmam, entretanto, que ainda é muito cedo para comemorar. O principal motivo do recorde foram as festas de ano novo pelo calendário lunar, comemorados em fevereiro este ano. Um mês considerado de baixa temporada para a indústria cinematográfica dos Estados Unidos. Além disso, estavam em exibição algumas grandes produções chinesas, que atraíram o público em massa. 

    Um dos principais sucessos foi o "The Man from Macao II", com o celebre ator de origem chinesa, Chow Yun-fat, além do "Dragon Blade", como a estrela de longa data, Jackie Chan.

    De qualquer maneira, as bilheterias chinesas nunca antes ultrapassaram as americanas, não importa os fatores. 

    Em 2012, Ernst & Young previu que a China se tornaria o maior mercado de cinema em 2020. Essa previsão considerava o fato do mercado chinês na área apresentar um crescimento anual de 25%, contra 1% anual norte-americano.

    Tags:
    Cinema, Jackie Chan, Chow Yun-fat, China, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik