17:09 26 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 71
    Nos siga no

    Uma coleção de moedas anglo-saxônicas foi encontrada escondida no trailer de um pensionista no Reino Unido.

    John Cross morreu com poucos amigos ou familiares cientes da existência de sua extraordinária coleção, que tem sido descrita por especialistas como uma das mais importantes fora de qualquer museu do Reino Unido, segundo o tabloide The Sun.

    As 80 moedas incluíam um xelim de ouro de 1.400 anos no valor estimado de £ 12 mil (aproximadamente R$ 90.272) e um centavo de prata de 1.600 anos cunhado para o rei Harold II, que se pensa poder valer até £ 2.000 (cerca de R$ 15.045).

    Xelim de ouro thrymsa é uma moeda extremamente rara, e a mais valiosa da coleção de John Cross
    Xelim de ouro thrymsa é uma moeda extremamente rara, e a mais valiosa da coleção de John Cross
    Porém, a moeda mais valiosa da coleção foi o xelim de ouro thrymsa extremamente raro, datado entre 640 e 660 d.C., que foi cunhado na Nortúmbria ou em York, e posteriormente vendido por £ 17.500 (cerca de R$ 131.646).
    Várias das moedas de prata da coleção de John Cross eram cunhadas para os reis anglo-saxões
    Várias das moedas de prata da coleção de John Cross eram cunhadas para os reis anglo-saxões

    O esconderijo secreto das moedas raras do pensionista britânico foi descoberto quando seu trailer foi retirado perto de Canterbury, em Kent. Em seguida, as moedas foram vendidas pelo valor aproximado de £ 75 mil (cerca de R$ 594.197). Contudo, a forte licitação de colecionadores no recente leilão nas Galerias de Leilões de Canterbury fez com que os preços disparassem.

    Moeda datada entre 833 e 870 d.C., cunhada para o arcebispo Ceolnoth
    Moeda datada entre 833 e 870 d.C., cunhada para o arcebispo Ceolnoth
    Um porta-voz do órgão comentou sobre a incrível coleção de Cross, dizendo que "ao inspecionar os itens pessoais do cavalheiro, parece que ele era muito interessado em pesquisar a história anglo-saxônica e medieval, e silenciosamente acumulou uma grande coleção".

    O porta-voz acrescentou ainda que o pensionista coletor "tinha um fascínio particular pela moeda da época e também estava interessado nos primeiros edifícios e igrejas [do Reino Unido]".

    Mais:

    Pesquisadores desenterram no Líbano complexo de templos do período romano (FOTOS)
    Professor acredita que frade milanês poderia ter 'descoberto' América 150 anos antes de Colombo
    Manguezal de mais de 120 mil anos descoberto no México (VÍDEOS, FOTO)
    Tags:
    Reino Unido, História, moedas, descoberta, arqueologia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar