10:45 22 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    281
    Nos siga no

    Uma equipe de 45 pessoas, liderada pelos Instituto Catalão de Paleontologia Humana e Evolução Social (IPHES) encontrou ferramentas de pedra de um milhão de anos.

    A descoberta, realizada na Espanha, seria a evidência mais antiga na Europa da cultura Acheuliana, comunicou o Instituto na terça-feira (28).

    Após escavar aproximadamente 300 metros quadrados da La Mina, foi encontrada uma grande quantidade de ferramentas de pedra feitas principalmente de sílex e restos de animais, como ossos e dentes.

    O IPHES observou que se trata do material de pedra mais antigo na Europa da cultura Acheuliana, também conhecida como a cultura do "machado de mão".

    ​Este ano marca 15 anos de escavações consecutivas em Barranc de la Boella, um local-chave para conhecer as populações humanas europeias de um milhão de anos atrás. Quer saber com mais detalhe quais são as descobertas? Leia toda a história:

    Além disso, detalha que é o testemunho de evidências humanas mais antigas já registradas fora da África.

    No local, também foram encontrados excrementos fósseis de hiena, que eram muito comuns na região antigamente, e costelas de um mamute, que teria sido esfolado pelos humanos do Pleistoceno Inferior, cerca de um milhão de anos atrás.

    As descobertas ocorreram durante a 15ª campanha consecutiva de escavação do desfiladeiro da Boella, que tem como objetivo ampliar e completar a coleção de ferramentas de pedra e recuperar abundantes restos de fauna, sobretudo de herbívoros.

    Mais:

    Arqueólogos revelam maior ídolo de madeira já encontrado na Irlanda (FOTOS)
    Arqueólogos encontram enorme sítio neolítico de 5 mil anos em ilha escocesa (FOTOS)
    Campo magnético da Terra poderia ajudar na datação de artefatos arqueológicos, diz estudo
    Tags:
    estudo, Europa, Espanha, arqueologia, arqueólogo, arqueólogos
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar