03:10 18 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 51
    Nos siga no

    Oito sepulturas que remontam à época pré-colombiana foram descobertas na cidade de Chilca, no sul da capital peruana de Lima, durante a instalação de um gasoduto.

    Os restos, que datam do início do século XIII, incluem ossos tanto de adultos como de crianças. Eles foram enterrados com uma técnica que consiste em envolver o cadáver em numerosas camadas de tecido. Os corpos foram colocados em uma câmara subterrânea que foi escavada da areia, e depois coberta com paus de madeira e esteiras reforçadas com lama.

    Perto dos cadáveres havia várias ofertas, incluindo alimentos e até instrumentos musicais.

    Foram descobertos oito corpos enterrados com uma técnica que consiste em envolver os cadáveres em numerosas camadas de tecido
    © AFP 2021 / Jesus Bahamonde
    Foram descobertos oito corpos enterrados com uma técnica que consiste em envolver os cadáveres em numerosas camadas de tecido
    "Alguns dos corpos tinham conchas na cabeça e 'chuspas' [pequenas bolsas] nas quais se guarda a cal para o 'chacchado' [mastigação] de folhas de coca", descreveu Cecilia Camargo, a arqueóloga responsável.

    Acredita-se que as pessoas enterradas em Chilca tenham pertencido a uma pequena aldeia que se formou no vale por volta do século XI, pelo que esta descoberta ajudaria a estudar melhor a civilização que habitou o local.

    "É uma descoberta importante que nos dá mais informações sobre a história pré-hispânica de Chilca", disse Camargo.

    Mais:

    Restos de capela dominicana do século XVII são encontrados no Peru (FOTOS)
    Passados 20 anos, legistas conseguem identificar mais 2 corpos de vítimas do 11 de setembro nos EUA
    Múmias de filhotes de leão da Era do Gelo são achadas na Sibéria em ótimas condições (FOTO)
    Tags:
    Peru, Lima, descoberta, arqueologia, cadáveres, múmia, civilizações antigas
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar