10:53 22 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 192
    Nos siga no

    Pesquisadores da Universidade Federal da Crimeia (CFU) descobriram durante escavações na necrópole Opushki, localizada na península da Crimeia, uma rara coleção de joias do século III d.C. informou o serviço de imprensa da universidade.

    Opushki é uma necrópole que remonta à época romana e onde haviam sido enterradas pessoas de diferentes culturas desde o século I a.C. até o século IV d.C.

    De acordo com especialistas, os artefatos poderiam pertencer somente a indivíduos de classe alta. Os objetos foram encontrados em um sepultamento de ancestrais dos alanos medievais – que eram um povo de origem iraniana que habitava no nordeste do Cáucaso ao lado do mar Cáspio.

    Devido à presença de joias não só perto de restos mortais de mulheres, como também de crianças, os arqueólogos chegaram à conclusão que nas tribos alanas a alta posição social era transmitida por herança.

    Descobrem em necrópole na Crimeia rara coleção de joias do século III
    Descobrem em necrópole na Crimeia rara coleção de joias do século III

    De acordo com o doutor em história e professor de história antiga e medieval da CFU Igor Khrapunov, a maioria dos objetos desenterrados se encontram em bom estado de conservação e representam grande valor histórico.

    "Os brincos são inteiramente de ouro, algumas partes das pulseiras de prata eram cobertas com folha [de ouro]. As joias pertencem ao estilo romano policromado tardio. Uma de suas características distintivas é a incrustação de grandes [pedras preciosas] cornalinas e o ornamento em relevo. Este estilo era difundido desde [a área do rio] Danúbio até o Cáucaso e é datado da segunda metade do século III d.C. – primeira metade do século IV d.C.", explicou professor de história.

    Ele observou que a referida necrópole é um local de sepultamento de cinco culturas antigas: cita tardia, sármata média e tardia, germânica e alana.

    Mais:

    Restos de homem de 4 mil anos são descobertos no Reino Unido em tronco de árvore (FOTO, VÍDEO)
    Descobrem no México vaso milenar com texto hieroglífico maia (FOTO)
    Determinada idade de monumento gigante com relevos de camelos na península Arábica (FOTO)
    Tags:
    arqueologia, joias, sítio arqueológico, escavação, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar