09:37 25 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 70
    Nos siga no

    Os asteroides são corpos celestes relativamente pequenos do Sistema Solar que orbitam em torno da estrela hospedeira. Ao contrário dos planetas, eles têm forma irregular e são desprovidos de atmosfera, porém podem ter satélites.

    Uma grande quantidade de asteroides frequentemente passa muito perto da Terra. A NASA classifica asteroides com mais de 150 metros de diâmetro e que voam a uma distância inferior a 7,5 milhões de quilômetros do nosso planeta como objetos potencialmente perigosos, ficando sempre de olho na passagem dos mesmos perto da Terra.

    Neste mês de setembro, três rochas espaciais de grandes proporções vão passar perto do nosso planeta.

    A maior de todas é o asteroide 2010 RJ53, que em 9 de setembro voará a uma distância de apenas 366,000 quilômetros da Terra, ou seja, em algum momento estará mais próximo que a Lua, que se localiza a cerca de 384,400 quilômetros. 2010 RJ53 tem 774 metros de diâmetro, um pouco menor que a famosa torre de Dubai, Burj Khalifa.
    Asteroide no espaço
    Asteroide no espaço

    Em 11 de setembro, outro asteroide denominado 2021PT, de 137 metros, voará perto da Terra a uma distância de cerca de 4,9 milhões de quilômetros, escreve portal News18.

    O terceiro corpo celeste, 2021 NY, que também foi classificado como potencialmente perigoso pela NASA, deve passar perto do nosso planeta em 22 de setembro a uma distância de 1,5 milhão de quilômetros.

    Mais:

    Asteroide Bennu atingirá a Terra? Cientistas da NASA respondem
    Cientistas descobrem fósseis de tsunami de asteroide que 'participou' da extinção de dinossauros
    Cientistas teriam revelado 'chave' de 500 milhões de anos para proteger a Terra de asteroides
    Tags:
    Terra, asteroide, NASA, corpo celeste
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar