20:12 16 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 70
    Nos siga no

    Uma equipe de arqueólogos encontrou há anos perto de Jerusalém uma igreja bizantina dedicada a um mártir desconhecido, mas cujo nome foi agora teorizado como sendo Zacarias.

    Arqueólogos descobriram em Israel uma igreja bizantina de 1.500 anos dedicada a um mártir desconhecido, relata na quinta-feira (2) o portal Live Science.

    Mosaico e inscrição encontrados na igreja bizantina em Israel. As inscrições dizem que a igreja foi ampliada no séc. VI e dedicada a um glorioso mártir cujo nome é desconhecido
    Mosaico e inscrição encontrados na igreja bizantina em Israel. As inscrições dizem que a igreja foi ampliada no séc. VI e dedicada a um "glorioso mártir" cujo nome é desconhecido

    A igreja foi originalmente encontrada nas Colinas da Judeia, "cerca de 24 quilômetros a sudoeste de Jerusalém", durante escavações para obras em 2017, indica o portal. O Império Bizantino, ou Império Romano Oriental, controlava o território do atual Israel, e uma inscrição na igreja indica que ela foi expandida durante o reinado do imperador Maurício I, que governou de 578 a 582. Apesar de ser tomada entre 634 e 638 pelo Califado Islâmico Rashidun, a igreja floresceu e só foi abandonada no séc. X.

    "Em sua fase inicial [no séc. V] a Igreja do Mártir Glorioso consistia de uma simples e modesta capela dentro de uma câmara de caverna", escreveu Benyamin Storchan, arqueólogo da Autoridade de Antiguidades de Israel na revista Biblical Archaeology Review, observando que no século VI ela se expandiu para uma grande igreja acima do solo, decorada com mosaicos.

    Mais tarde, as pessoas teriam convertido a câmara da caverna em um túmulo que pode ter guardado os restos mortais do mártir desconhecido.

    A Igreja do Mártir Glorioso, uma grande igreja de 1.500 anos, foi encontrada durante escavações em Israel em 2017. A igreja foi dedicada a um mártir cujo nome é desconhecido
    A Igreja do Mártir Glorioso, uma grande igreja de 1.500 anos, foi encontrada durante escavações em Israel em 2017. A igreja foi dedicada a um mártir cujo nome é desconhecido

    Os pesquisadores teorizam que o mártir poderia ser um homem chamado Zacarias, um nome usado várias vezes na Bíblia, devido a um túmulo do séc. V de um mártir cristão com esse nome, encontrado nas proximidades. E também porque havia textos que afirmam que um santuário dedicado a Zacarias estaria localizado nas proximidades do local da escavação, o que significa que a igreja poderia ser esse santuário.

    Apesar de tudo, os arqueólogos não têm a certeza de que a igreja foi dedicada a alguém com esse nome.

    "Continuamos esperançosos, no entanto, de que com o estudo contínuo dos milhares de artefatos descobertos durante as escavações, novas e importantes pistas revelarão a verdadeira identidade do misterioso Mártir Glorioso", comentou Storchan na pesquisa.

    Mais:

    Relatório revela que 80% dos sítios arqueológicos na Cisjordânia estão danificados
    Igrejas com inscrições religiosas e assentamentos cristãos do século V descobertos no Egito (FOTOS)
    Lápide bizantina de 1.400 anos com inscrição 'Maria abençoada' é encontrada em Israel (FOTO)
    Tags:
    Israel, Live Science, Jerusalém, Império Bizantino, Bíblia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar