01:33 25 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 132
    Nos siga no

    Partes do antigo esqueleto de uma mulher escavado por arqueólogos indonésios na caverna Leang Panninge, província de Celebes Meridional, Indonésia, revelaram alguns fatos surpreendentes sobre a história dos primeiros humanos modernos.

    Os restos mortais da mulher de 7.000 anos foram encontrados na Indonésia entre 2015 e 2019. Após analisar seu DNA, os cientistas descobriram que essa é a primeira indicação de que a ancestralidade asiática estava presente na região indonésia de Wallacea muito antes da expansão austronésia, segundo a revista Nature.

    De acordo com os pesquisadores, a mulher era descendente principalmente do Homo sapiens do Leste Asiático, que provavelmente chegou à Indonésia há pelo menos 50 mil anos. Possivelmente, a mulher tinha entre 17 ou 18 anos quando morreu.

    Os pesquisadores sugerem que os ancestrais da mulher, ao chegarem à ilha de Celebes, poderiam ter cruzado com denisovanos que já habitavam o local, já que ela carrega cerca de 2,2% de denisovanos em seu DNA.

    "O DNA da mulher de Celebes indica que o cruzamento ocorreu em Wallacea quando alguns Homo sapiens da Idade da Pedra se dirigiram para Papua-Nova Guiné e Austrália. O principal fluxo de genes de denisovanos para ancestrais de papuásios e aborígenes australianos provavelmente ocorreu uma vez que [Homo sapiens] chegou às ilhas Wallacea", disse o coautor do estudo, Cosimo Posth.

    Os cientistas também afirmaram que o DNA da mulher parece mais com o dos atuais papuásios e dos australianos indígenas do que com o do asiático oriental moderno. Isso indica que ela pertencia a uma linha genética distinta e anteriormente desconhecida de humanos que surgiu há cerca de 37.000 anos.

    Estima-se que por volta do mesmo período ocorreu a divisão evolutiva entre os papuásios e os australianos indígenas.

    Mais:

    Cientistas descobrem que existe grande número de buracos negros supermassivos errantes
    Fóssil de 43 milhões de anos encontrado no Egito revela baleia com 4 patas
    Cientistas suíços pretendem cultivar órgãos humanos artificiais na Estação Espacial Internacional
    Descoberto túmulo de 1.500 anos com casal de amantes se abraçando na China (FOTO)
    Tags:
    homo sapiens, esqueleto, caverna, Indonésia, humano, DNA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar