15:28 23 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 80
    Nos siga no

    De acordo com arqueólogos, túmulos de guerreiros deste tipo, que remontam aos séculos IV–VI d.C. podem ser descobertos uma vez em cada 30 anos, e esta sepultura em particular destaca-se devido a suas possíveis conexões com a Europa continental e o Império Romano.

    Um esqueleto, espada e esporas que pertenciam a um guerreiro da Idade do Ferro foram encontrados durante uma escavação arqueológica na ilha sueca de Gotlândia, localizada no mar Báltico. Pesquisadores acreditam que o homem pode ter servido no exército romano.

    A descoberta foi feita por estudantes da Universidade de Uppsala em Buttle Ange em um enterramento em pedra calcária.

    "Eu estava presente quando o fêmur e um pedaço do osso do quadril foram escavados. É preciso ter muito cuidado ao escavar este tipo de material, então tivemos que remover cuidadosamente o solo com escovas. Mais tarde encontramos esporas nos pés. E quando escovamos na parte da barriga deste indivíduo, apareceu uma espécie de peça de bronze e nós continuamos escovando", disse o estudante Gustav Rander ao jornal Dagens Nyheter, descrevendo a descoberta de "absolutamente fantástica".

    O objeto é aparentemente uma espada de 80 centímetros com acessórios de bronze. Além disso, parte da bainha também ficou preservada na parte superior e inferior da espada de bronze. Na parte inferior da espada foi achada uma decoração em forma de bolota.

    "Sabemos de fontes escritas do mundo mediterrâneo que germânicos, ou seja, escandinavos, serviram no exército romano. Por isso é muito possível que essa pessoa tenha aprendido a tecnologia de armas dos romanos", explicou Alexander Andreeff Hogfeldt, doutor em arqueologia da Universidade de Uppsala.

    No entanto, os detalhes sobre o dono da espada são escassos. Aparentemente o indivíduo era um homem com maxilares fortes e estrutura óssea sólida que viveu em um período entre os anos 300 e 500 d.C. A fim de descobrir mais informações no futuro serão realizadas novas pesquisas.

    Mais:

    Arqueólogos encontram enorme sítio neolítico de 5 mil anos em ilha escocesa (FOTOS)
    Tumba com restos humanos mumificados encontrada na cidade de Pompeia (FOTOS)
    Arqueólogos encontram na Arábia Saudita 'sepultura' milenar de animais e humanos (FOTOS)
    Tags:
    arqueologia, Suécia, Império Romano, túmulo, escavação
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar