20:14 23 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    COVID-19 no mundo no final de agosto de 2021 (21)
    050
    Nos siga no

    Na segunda-feira (23), a vacina contra COVID-19 desenvolvida pela Pfizer e BioNTech recebeu a aprovação final da Agência de Alimentos e Medicamentos (FDA, na sigla em inglês) dos EUA.

    Os pesquisadores da Pfizer estão trabalhando no desenvolvimento de outra vacina para combater especificamente a variante Delta, altamente contagiosa, segundo o CEO da Pfizer, Albert Bourla.

    "Agora, estamos fazendo uma vacina especializada para a Delta [...] Estou quase certo de que não vamos precisar disso, pois a dose de reforço da atual vacina é muito, muito eficaz contra a Delta", afirmou à emissora NBC.

    Bourla também afirmou que aqueles que hesitaram anteriormente em tomar a vacina deveriam se sentir mais à vontade com a FDA apoiando a vacinação com duas doses.

    Além disso, ele declarou que, apesar de existirem efeitos secundários "sérios", como a linfadenopatia, eles são incrivelmente raros.

    Anteriormente, as autoridades de saúde dos EUA anunciaram que, no dia 20 de setembro, as pessoas vacinadas poderão agendar a vacinação com a dose de reforço contra a COVID-19.

    A nova dose seria aplicada oito meses depois da pessoa receber a segunda dose, devendo elevar a imunidade, que desaparece depois de aproximadamente seis meses.

    Nos EUA, as pessoas de grupos de risco já podem receber a terceira dose da vacina da Pfizer-BioNTech ou Moderna.

    Tema:
    COVID-19 no mundo no final de agosto de 2021 (21)

    Mais:

    Vacina da Pfizer é autorizada pela Anvisa para crianças com mais de 12 anos
    EMA aprova vacina da Pfizer para jovens de 12 a 15 anos
    Em sua 6ª remessa ao Brasil, Pfizer anuncia entrega de 2,4 milhões de doses na 1ª semana de junho
    Tags:
    Pfizer, COVID-19, novo coronavírus, vacina, vacinação
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar