08:39 16 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 42
    Nos siga no

    A raridade é talhada em carvalho e datada da Idade do Ferro, cerca de 1.600 anos atrás. A escultura foi recuperada em um pântano na região oeste da Irlanda que estava sendo preparado para a construção de uma estrada.

    Um ídolo de madeira de 1.600 anos medindo cerca de 2,5 metros de altura foi recuperado de um pântano no oeste da Irlanda por arqueólogos que atuavam no local antes do início das construções de uma estrada. As informações do Irish Examiner dão conta de que a escultura foi talhada a partir do tronco partido de uma árvore de carvalho. 

    A figura tem uma pequena cabeça em forma humana em uma extremidade e vários entalhes esculpidos em seu corpo. Ossos de animais e uma adaga ritual também foram encontrados no local, sugerindo que a escultura pode ter sido parte de um sacrifício ritual.

    A peça ficou conhecida como Gortnacrannagh Idol. Apenas uma dúzia desses ídolos foram encontrados na Irlanda e este é considerado o maior de seu tipo já catalogado no país até hoje. 

    "É provável que seja a imagem de uma divindade pagã", disse a dra. Eve Campbell, diretora da empresa de soluções arqueológicas, que contou que o ídolo foi esculpido cerca de 100 anos antes de São Patrício chegar à Irlanda.

    ​Arqueólogos irlandeses descobrem ídolo da Idade do Ferro e de 1.600 anos esculpido em um tronco de árvore no pântano Roscommon. De apenas uma dúzia desses ídolos encontrados na Irlanda até agora, este é o maior com mais de 2,5 metros.

    "Nossos ancestrais viam os pântanos como lugares místicos onde eles podiam se conectar com seus deuses e o 'outro mundo' […] A descoberta de osso de animal ao lado de uma adaga ritual sugere que o sacrifício de animais foi realizado no local e o ídolo provavelmente fez parte dessas cerimônias".

    Os ídolos de madeira são conhecidos em pântanos em todo o norte da Europa, onde as condições de alagamento permitem a preservação de madeiras antigas.

    "As extremidades inferiores de várias figuras também foram trabalhadas a ponto de sugerir que eles podem ter ficado em pé", contou a especialista em madeira Cathy Moore.

    "Seu significado está aberto à interpretação, mas eles podem ter marcado lugares especiais na paisagem, representado indivíduos ou divindades particulares ou talvez tenham funcionado como corpos de pântano de madeira, sacrificados em lugar de humanos", completou.

    Essas esculturas podem até ter sido sacrificadas em lugar de humanos, segundo a especialista. O ídolo, que foi datado por radiocarbono entre 252 e 413 d.C., está sendo conservado na Universidade College Dublin e, eventualmente, será exibido no Museu Nacional da Irlanda.

    Mais:

    De volta ao passado: escultura de águia é encontrada em antigo templo asteca no México (FOTO)
    Reveladas cores de famoso ídolo inca que se acreditava ter sido destruído no século XVI (FOTOS)
    Ídolo da Idade do Cobre estimado em R$ 955 mil é recuperado na Espanha (FOTO)
    Tags:
    ídolos, ídolo, Irlanda, madeiras, arqueologia, maior
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar