22:06 23 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 71
    Nos siga no

    Um grupo de arqueólogos de vários institutos britânicos descobriu as origens da "imponente tumba de Herefordshire", também conhecida como a "Rocha de Artur", de pelo menos 5.700 anos.

    Foi a partir deste monumento rochoso que surgiu inspiração para a "mesa de pedra" de "As Crônicas de Nárnia", obra de C.S. Lewis, disse a Universidade de Manchester, no Reino Unido, em um comunicado.

    Apesar de ser considerada parte do Patrimônio Mundial da UNESCO, a Rocha de Artur, cuja construção deve ter ocorrido durante o período neolítico, provavelmente no ano de 3700 a.C., no topo de uma colina virada para as Montanhas Negras no sul do País de Gales, não tinha sido rigorosamente estudada, pelo que até hoje ainda se sabe pouco sobre ela.

    Segundo Julian Thomas, líder das escavações arqueológicas, suspeitava-se anteriormente que o enorme monólito apoiado em outros pilares de pedra, bem como suas passagens interiores, estava contido dentro de um monte de pedras em forma de cunha, idêntico a outros encontrados na área. Contudo, as pesquisas revelaram que o monumento se estendia originalmente a um campo contíguo a sul do túmulo.

    A Rocha de Artur inspirou a mesa de pedra referida na obra de C.S. Lewis As Crônicas de Nárnia
    A Rocha de Artur inspirou a "mesa de pedra" referida na obra de C.S. Lewis "As Crônicas de Nárnia"

    As escavações mostraram que o túmulo tinha sido, originalmente, um monte de erva empilhada, retida por uma paliçada.

    As diferentes orientações das duas fases de construção sugerem que a tumba de Herefordshire pode estar relacionada com os "salões dos mortos" (dois importantes sepultamentos neolíticos descobertos em 2013), uma vez que foram encontrados três montes semelhantes em ambos os locais. Segundo Thomas, tal descoberta aponta para o fato de que as elevações na área onde os túmulos se encontram podem ter sido um local "cerimonial neolítico integrado".

    Mais:

    Descobertas novas espécies de dinossauros gigantes em região noroeste da China pela 1ª vez
    Descoberta de fóssil de cérebro intacto de 310 milhões de anos comprovaria que Darwin estava errado
    Arqueólogos afirmam ter descoberto verdadeiro Cavalo de Troia na Turquia
    Tags:
    Reino Unido, descoberta, arqueologia, UNESCO, monumento, rocha, País de Gales
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar