11:10 26 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 60
    Nos siga no

    Um enfeite de espada adornado com jóias do século VI foi encontrado no leste da Inglaterra por um arqueólogo amador com um detector de metais.

    O artefato, feito de ouro e granada é conhecido como "pirâmide de espada" ou "arreio de espada" e foi datado entre os anos 560 d.C e 630 d.C, tendo sido encontrado em abril deste ano em Breckland, em Norfolk, que fazia parte do reino anglo-saxão de Anglia do Leste, informa o Daily Mail.

    Objetos semelhantes ao encontrado costumam ser ricamente decorados, e seriam presos ao final de faixas enroladas em torno de uma espada.

    Segundo Helen Geake, agente de ligação para os achados, os pedaços de talha embutidos na pirâmide da espada de Norfolk são originários da Índia ou do Sri Lanka, destacando o nível do comércio global que ocorria na época.

    Embora minúsculo - com uma área de pouco mais de um centímetro e pesando apenas três gramas - o artefato parece ter mantido sua excelente qualidade, com um revestimento incrivelmente fino na parte traseira. Provavelmente, teria pertencido a alguém de estatuto social alto, de acordo com a mídia.

    De modo a explicar como a pirâmide de espada foi encontrada pelo detector de metais, em vez do resultado de um cenário envolvendo o enterro ou morte no campo de batalha, Geake imagina que o pequeno tesouro tenha sido antes perdido pelo seu dono.

    Ornamentado com ouro e granada, é possível que o enfeite de espada encontrado em Norfolk tivesse pertencido a alguém de estatuto social alto
    Ornamentado com ouro e granada, é possível que o enfeite de espada encontrado em Norfolk tivesse pertencido a alguém de estatuto social alto
    "Os lordes andariam a cavalo pelo campo e os perderiam", explicou Geake, citada pelo tabloide britânico.

    Um par destes ricos objetos ainda mais ornamentado, atualmente exposto no Museu Britânico, foi descoberto na década de 1930 em Sutton Hoo, um cemitério anglo-saxão popularizado pelo recente filme disponível na Netflix, "The Dig".

    Ainda não é exatamente certo qual o papel deste enfeites, mas os arqueólogos acreditam que eles poderiam ter ajudado a manter as armas seguras nas bainhas da indumentárias de seus donos, "possivelmente atuando como um controle sobre uma reação de raiva", disse Helen Geake, citada pelo Daily Mail.

    Mais:

    Pedaço de rocha em forma de ponta de folha conta história de civilização Neandertal (FOTOS)
    Intrigante espada de 1.600 anos de ritual pagão é achada na sepultura de soldado romano na Grécia
    VÍDEO incrível mostra simulação que recria 4,5 bilhões de anos de história do planeta
    Tags:
    Reino Unido, descoberta, História, espada, joias, ouro
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar