21:49 23 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 200
    Nos siga no

    A cratera descoberta possui estrutura geológica circular, mede 1,85 quilômetro de diâmetro e tem profundidade de 579 metros.

    Um grupo de cientistas encontrou na China a maior cratera deixada por um meteorito na Terra nos últimos 100 mil anos. A descoberta aconteceu a 19 quilômetros no noroeste da cidade de Yilan County, província de Heilongjiang, segundo informou nesta quinta-feira (5) o Global Times.

    A descoberta foi publicada na revista Meteoritics & Planetary por cientistas do Instituto de Geoquímica de Guangzhou (China), da Academia de Ciências da China e da Universidade de Viena (Áustria).

    A cratera de estrutura geológica circular mede 1,85 quilômetro de diâmetro e tem profundidade de 579 metros. Apenas o terço sul da borda da cratera foi erodido, enquanto outras seções da borda estão bem conservadas, com elevação máxima sobre o solo da cratera atual de 150 metros.

    A descoberta está situada na cordilheira de Pequeno Khingan, uma das áreas florestais chinesas melhor conservadas. Tem forma de meia-lua, algo raro na Terra, explicou Chen Ming, pesquisador do Instituto de Geoquímica de Guangzhou e coautor do estudo.

    Cientistas encontraram uma cratera de meteorito em forma de meia-lua em Heilongjiang no nordeste da China, com 1,85 quilômetro de diâmetro e 579 metros de profundidade, supostamente a maior cratera de meteorito na Terra em 100.000 anos.

    A cratera Yilan se formou em um leito rochoso de granito do Cretáceo, no entanto, são necessários mais estudos para saber a data exata de sua formação, segundo mídia. Foram encontrados sinais de que no local houve um lago que desapareceu há 10 mil anos.

    Cheng Ming afirmou que a descoberta pode fornecer novas evidências da presença de glaciares de baixa altitude na antiguidade no noroeste da China e também servir como um "laboratório de crateras naturais" para pesquisas futuras de planetologia e geologia.

    É a segunda cratera descoberta na China. Em 2010, foi encontrada Xiuyan, na província de Liaoning localizada no nordeste da China, de 1.800 metros de diâmetros e uma profundidade de 150 metros.

    Mais:

    Cientistas registram pela 1ª vez explosão de supernova em detalhes nunca antes vistos (FOTO)
    Fragmento de rocha extraído de Stonehenge há 60 anos contém grânulos de 1,6 bilhão de anos (FOTO)
    Observatório orbital russo-alemão Spektr-RG confirma teoria cosmológica do Big Bang
    Capturado em VÍDEO raro aglomerado de meteoros durante transmissão ao vivo em observatório no Havaí
    Tags:
    China, cratera, espaço, descoberta, Terra, cientistas
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar