06:59 26 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0293
    Nos siga no

    Nosso planeta gira devido ao modo como o Sistema Solar foi formado há 4,6 bilhões de anos. Naquela época, uma enorme nuvem de gás e poeira colapsou sob sua própria gravidade. Quando esse processo estava ocorrendo, a nuvem começou a girar com nosso planeta herdando essa rotação.

    Para fazer uma volta completa em torno de seu eixo a Terra leva 23 horas e 56 minutos, com nosso planeta azul se movendo a cerca de 1.770 km/h, ou 491,6 metros por segundo. Mas o que aconteceria se um dia o planeta parasse de girar?

    Para visualizar as consequências inconcebíveis deste cenário que, segundo alguns cientistas, pode ocorrer em 18,5 bilhões de anos, podemos imaginar uma pessoa dirigindo um carro a 160 km/h sem usar cinto de segurança e bater em outro veículo, escreve portal LiveScience.

    Provavelmente você já viu algo semelhante nos filmes de ação – nesse caso a pessoa dentro do carro voa, enquanto o veículo permanece no mesmo sítio.

    É exatamente isso o que aconteceria com os seres vivos na Terra se ela parar de girar. De acordo com o astrofísico dos EUA Neil deGrasse Tyson, tudo o que não estivesse fixado à Terra voaria para leste a 1.770 km/h.

    Mas isso seria apenas o começo. De acordo com um "experimento imaginário" conduzido por James Zimbelman, geólogo chefe emérito do Museu Nacional Aeroespacial do Smithsonian em Washington DC, a súbita cessação de rotação afetaria também nossa atmosfera, criando ventos incrivelmente fortes, que seriam seguidos de tsunamis massivos.

    A parada repentina achataria a protuberância no equador, o que faria com que os oceanos e mares migrassem para os polos onde a gravidade é mais forte. Como resultado, nosso planeta teria dois superoceanos – um no norte e outro no sul – com um continente gigante no meio. Os terráqueos teriam sol por seis meses e outros seis seriam passados na escuridão.

    "Não há nenhuma força natural que impeça a Terra de girar. Um dos fundamentos da física é a conservação do momento angular. Quando algo está girando, é preciso aplicar a mesma força [na direção oposta] para impedi-lo de girar", explicou James Zimbelman.

    Mais:

    Correntes estelares deixadas após fusão de galáxias são registradas pela 1ª vez (FOTOS)
    Cientistas recriam miniburaco negro para comprovar teoria de que eles emitem luz
    Fragmento de meteorito de 4,6 bilhões de anos encontrado em pegada de cavalo (FOTO)
    Tags:
    Terra, rotação, tsunami, ventos, Sol
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar