06:51 24 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 100
    Nos siga no

    Um grupo de exploradores descobriu um antigo vulcão submarino que se assemelha ao Olho de Sauron, da trilogia "O Senhor dos Anéis".

    A descoberta contou com a ajuda de um sonar multifeixe a 3.100 metros debaixo de uma embarcação científica, 280 quilômetros a sudeste da ilha do Natal, no oceano Índico.

    "Este vulcão surgiu em nossas telas como uma depressão gigante de forma oval, denominada caldeirão, de 6,2 quilômetros por 4,8 quilômetros de largura. Está rodeado por uma borda de 300 metros de altura [similar ao olho de Sauron] e tem um pico em forma de cone de 300 metros de altura em seu centro [a pupila]", descreveu o pesquisador Tim O'Hara, em referência à obra escrita por J. R. Tolkien.

    Um caldeirão é formado quando um vulcão entra em colapso. O magma fundido na base do vulcão se desloca para cima, deixando as câmaras vazias. A fina crosta sólida na superfície da cúpula entra em colapso, criando uma grande estrutura similar a uma cratera.

    Frequentemente, um pequeno pico novo começa a se formar no centro, conforme o vulcão continua jogando magma.

    ​Descobrimos um vulcão submarino próximo da ilha do Natal, que se parece com o Olho de Sauron.

    Os cientistas explicam que é difícil detectar as erupções vulcânicas quando ocorrem nas profundidades do oceano.

    "Um dos poucos sinais reveladores é a presença de jangadas de pedra-pome leve que flutuam na superfície do mar depois de serem expulsas por um vulcão submarino. Com o tempo, esta pedra-pome se enche de água e se afunda no oceano", detalhou ao The Conversation.

    "Nosso olho vulcânico não estava sozinho. Um mapeamento adicional ao sul revelou uma montanha submarinha menor, com diversos cones vulcânicos. Mais ao sul havia uma montanha submarina maior, de topo plano", adicionou.

    As três formações são parte do grupo de montanhas submarinas Karma, que os geólogos dataram anteriormente em mais de 100 milhões de anos e que foram formadas junto a uma antiga cordilheira submarina de uma época em que a Austrália se localizava mais ao sul, próximo da Antártica.

    Mais:

    Vulcão Nyiragongo entra em erupção na República Democrática do Congo (VÍDEOS)
    Gases de enxofre de erupções de vulcão no Caribe atingem Índia
    Turismo quente: vulcão ativo e com erupções 'acessíveis' está à venda na Islândia
    Tags:
    vulcão, pesquisa, estudo, erupção, erupção vulcânica
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar