04:43 30 Julho 2021
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 70
    Nos siga no

    Na província de Neuquén, na Argentina, foram encontrados 73 exemplares de ovos de aves pré-históricas, datados do período Cretáceo, há aproximadamente 85 milhões de anos.

    De acordo com o jornal da Universidade Nacional de Comahue, a descoberta ocorreu durante um estudo da área realizado pela instituição devido a uma próxima construção.

    "O sítio de nidificação tem 12 metros de comprimento por cinco de largura, enquanto os ovos têm aproximadamente cinco centímetros de comprimento e forma oval, com uma casca lisa, diferentes dos outros ovos de dinossauro encontrados na cidade de Neuquén, que são ásperos, redondos e maiores", informou o paleontólogo Juan Porfiri.

    Enquanto os trabalhos de proteção paleontológica continuam, muitos dos materiais encontrado no local já foram coletados e incorporados à coleção do Museu de Ciências Naturais.

    Ovo de dinossauro fossilizado encontrado na Argentina
    © Foto / Facebook da UNCo
    Ovo de dinossauro fossilizado encontrado na Argentina

    O campus da Universidade Nacional de Comahue é conhecido por ser um dos sítios paleontológicos mais importantes do país, onde constantemente surgem novos materiais fósseis.

    "Muitos dos que já surgiram são novas espécies de crocodilos, répteis, aves [...] e até os primeiros grupos de novas famílias de dinossauros que foram encontrados no mundo", explicou.

    Mais:

    Arqueólogos desvendam termas romanas excepcionalmente bem preservadas na Espanha (VÍDEO)
    Arqueólogos acham capela medieval debaixo de igreja barroca em Malta (FOTOS)
    Vala comum? Cidade síria pode ser dona de raridade arqueológica e nem ter desconfiado (FOTOS)
    Tags:
    Argentina, aves, arqueólogos, arqueólogo, arqueologia, descoberta
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar