12:48 05 Agosto 2021
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 93
    Nos siga no

    A descoberta de um sistema subglacial de água no Polo Sul foi possível graças a uma missão da NASA, que envolveu um satélite usando lasers para medir a elevação do gelo no continente congelado.

    Cientistas da agência espacial norte-americana NASA descobriram dois novos lagos localizados sob a Camada de Gelo da Antártica, que compreendem uma parte de "uma vasta rede de lagos em constante mudança" localizados abaixo de dois a quatro quilômetros de gelo, escreve na terça-feira (13) o portal Live Science.

    Segundo a mídia, os lagos no Polo Sul se enchem e drenam em "ciclos em grande parte misteriosos" que podem afetar a velocidade do movimento da camada de gelo, além de "como e onde a água derretida atinge o oceano Austral".

    "Não é apenas do manto de gelo que estamos falando", disse Matthew Siegfried, professor e geofísico da Escola de Minas de Colorado, EUA, e autor principal do estudo publicado na revista Geophysical Research Letters.

    "Estamos realmente falando de um sistema de água que está conectado a todo o sistema terrestre", explica.

    A descoberta desse sistema de água foi possível graças à missão ICESat da NASA, que começou em outubro 2003, e que envolveu um satélite usando lasers para medir a elevação do gelo na Antártica. A missão terminou em julho de 2020.

    Em 2007, Helen Amanda Fricker, glacióloga da Instituição de Oceanografia de Scripps, Califórnia, EUA, conseguiu ligar as mudanças na elevação de gelo na Antártida ao movimento da água nos lagos sub-glaciais abaixo, já que o enchimento e drenagem desses lagos fez com que o gelo acima deles subisse e caísse.

    A descoberta de Fricker, nota o Live Science, "abriu a possibilidade de rastrear o sistema lacustre ao longo do tempo".

    Mais:

    Enorme lago desaparece misteriosamente em plataforma de gelo da Antártica (FOTO)
    Esta geleira da Antártica inquieta pesquisadores (FOTO)
    Pesquisadores encontram fóssil de espécie 'colossal' extinta na Antártica
    Tags:
    NASA, Live Science, Polo Sul, Colorado, EUA, Califórnia, Valônia, Europa Ocidental, Canadá, Renânia do Norte-Vestfália, Bavária, Saxônia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar