03:26 03 Agosto 2021
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 50
    Nos siga no

    Arqueólogos que buscavam um palácio real na Alemanha encontraram uma igreja de 1.000 anos de idade construída por Otão, o Grande, o primeiro imperador romano-germânico.

    Otão I, que viveu de 912 a 973, consolidou e expandiu o Sacro Império Romano-Germânico. O império, com centro na Germânia, controlava territórios de toda a Europa central, escreve o portal Live Science.

    Os arqueólogos desenterraram as paredes da fundação da estrutura de 30 metros de comprimento quando procuravam o palácio real de Helfta, no estado federal alemão de Saxônia-Anhalt.

    Vista aérea da igreja construída por Otão, o Grande em Saxônia-Anhalt, Alemanha
    Vista aérea da igreja construída por Otão, o Grande em Saxônia-Anhalt, Alemanha

    As escavações revelaram que a igreja era em forma de cruz. O templo, usado por mais de cinco séculos, foi construído em 968 a.C. e se acredita ter sido dedicado a Santa Radegunda, uma rainha franca que fundou seu próprio mosteiro.

    Entre os artefatos achados no local há um crucifixo de bronze românico decorado com esmalte e feito no século XIII e também um grande fragmento de um sino de igreja, um broche do século IX esmaltado e numerosas moedas.

    Broche esmaltado do século IX descoberto durante escavações da igreja de Otão, o Grande em Saxônia-Anhalt, Alemanha
    Broche esmaltado do século IX descoberto durante escavações da igreja de Otão, o Grande em Saxônia-Anhalt, Alemanha

    À volta da igreja os arqueólogos encontraram vários sepulcros, incluindo alguns túmulos feitos de tijolos. Os especialistas sugerem que o cemitério foi utilizado como local para sepultamento das famílias aristocráticas da região.

    Sepulcros à volta da igreja de Otão, o Grande, Alemanha
    Sepulcros à volta da igreja de Otão, o Grande, Alemanha

    De acordo com o comunicado dos arqueólogos, a igreja foi destruída durante a Reforma Protestante, que varreu a Europa no século XVI e levou à criação de novos ramos do Cristianismo.

    Mais:

    Arqueólogos encontram 'Pompeia em miniatura' ao escavar antigo cinema na Itália (FOTO)
    Arqueólogos determinam momento em que evolução humana deu salto
    Arqueólogos descobrem 11 montes que podem ter sido antigas pirâmides na Turquia (FOTOS)
    Tags:
    Igreja Católica, igreja, Alemanha, escavação, arqueólogo
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar