12:40 05 Agosto 2021
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    Coronavírus no mundo no início de julho de 2021 (15)
    0 81
    Nos siga no

    A COVID-19 em vacinados é tratada da mesma maneira que em pessoas não vacinadas, mas o prognóstico é mais favorável, contou à Sputnik o médico infectologista russo Yevgeny Timakov.

    "Os protocolos de tratamento são iguais", notou ele.

    De acordo com suas palavras, no caso de infecção com o coronavírus nos que já receberam a vacina, os sintomas no geral não se diferenciam muito, mas estes são observados em menor grau e não chegam até o estágio de destruição de órgãos e tecidos.

    Além disso, o médico ressaltou que, graças à mutação, o SARS-CoV-2 começou a se "disfarçar" de infecção viral sazonal. Os sintomas principais agora são o corrimento do nariz, dor de garganta e disfunções intestinais, enquanto a perda do olfato recuou para segundo plano, segundo o médico.

    "O vírus mudou de tal forma que passou a se disfarçar de infecção viral sazonal", disse.

    Conforme suas palavras, distinguir o coronavírus de um resfriado sazonal comum sem ajuda médica é uma tarefa muito difícil. Frequentemente, os infectados não supõem que têm a COVID-19 e não vão ao hospital no momento certo.

    Tema:
    Coronavírus no mundo no início de julho de 2021 (15)

    Mais:

    COVID-19: estudo revela período que pacientes infectados demoram para recuperar olfato
    Novo estudo argentino mostra eficiência da Sputnik V contra várias cepas da COVID-19
    Sintomas da variante Delta da COVID-19 seriam diferentes dos da cepa tradicional, apontam dados
    Tags:
    COVID-19, novo coronavírus, vacina, vacinação
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar