05:47 30 Julho 2021
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    COVID-19 no mundo em meados de junho de 2021 (15)
    0 181
    Nos siga no

    A vacina Sputnik Light pode ser usada para recuperar o nível de anticorpos passado algum tempo após a vacinação contra a doença do novo coronavírus, indica o Centro Gamaleya, na Rússia.

    Uma segunda imunização com a vacina Sputnik V é segura, e a Sputnik Light também pode ser usada para elevar o nível de anticorpos, disse Aleksandr Gintsburg, diretor do Centro Gamaleya, à Sputnik.

    "Pode-se fazer revacinação com a Sputnik V, não há absolutamente nenhum problema", referiu.

    "Neste momento, está registrada a chamada versão de um componente da vacina, a Sputnik Light [...] para elevar o nível de anticorpos nos casos em que este nível cai após a doença, ou ao longo do tempo pós-vacinação", apontou Gintsburg.

    Ele observou ainda que a imunização com a Sputnik Light faz elevar os níveis de anticorpos a um valor que protege contra todas as variantes que circulam atualmente.

    Em agosto de 2020, o Ministério da Saúde da Rússia foi o primeiro do mundo a registrar uma vacina contra o SARS-CoV-2, a Sputnik V, desenvolvida pelo Centro Nacional de Pesquisa de Epidemiologia e Microbiologia Gamaleya. No início de maio, foi anunciado o registro da quarta vacina russa contra o coronavírus, a Sputnik Light, considerada uma alternativa à Sputnik V.

    Além dessas, foram registradas a EpiVacCorona, em outubro de 2020, e a CoviVac, em fevereiro de 2021.

    Tema:
    COVID-19 no mundo em meados de junho de 2021 (15)

    Mais:

    Sputnik V: tempo entre as 2 doses pode ser ampliado de 21 para até 90 dias, segundo Centro Gamaleya
    Vacina Sputnik V pode proteger animais da COVID-19, afirma desenvolvedor
    Centro Gamaleya: Sputnik V poderá oferecer 2 anos de imunidade contra COVID-19
    Tags:
    COVID-19, Aleksandr Gintsburg, Rússia, Sputnik, Sputnik V
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar