12:23 05 Agosto 2021
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    2283
    Nos siga no

    A HiRISE, câmera da nave espacial com visão super aguçada da NASA, que orbita Marte há mais de 15 anos, capturou uma imagem panorâmica do primeiro Rover da China em Marte.

    A câmera do Experimento de Ciência de Imagens de Alta Resolução (HiRISE, na sigla em inglês) a bordo do Orbitador de Reconhecimento de Marte (MRO, na sigla em inglês) da NASA tirou uma foto do Rover chinês, chamado Zhurong, cerca de três semanas depois que o robô com rodas pousou com sua sonda estacionária na vasta planície do Planeta Vermelho conhecida como Utopia Planitia, com um diâmetro estimado de 3.300 quilômetros.

    "Claramente visíveis estão o que interpretamos como o módulo de pouso cercado por um padrão de explosão, e o próprio Rover um pouco ao sul depois de descer do módulo de pouso", escreveram os membros da equipe HiRISE em uma descrição da foto, que foi divulgada na última quinta-feira (10).

    O escudo térmico para o rover chinês Zhurong Mars, conforme fotografado pela câmera HiRISE a bordo do MRO
    O escudo térmico para o rover chinês Zhurong Mars, conforme fotografado pela câmera HiRISE a bordo do MRO
    "Esta imagem mostra que o terreno circundante é muito típico do sul de Utopia Planitia, com uma região lisa e quase sem rochas", acrescentaram. "As características curvas brilhantes são formas de relevo eólicas (sopradas pelo vento)".

    As imagens da HiRISE também mostram o hardware que ajudou Zhurong e seu módulo de aterrissagem a chegar com segurança à superfície marciana. O escudo térmico, o escudo traseiro e o pára-quedas da missão podem ser vistos.

    O pára-quedas e a proteção do rover chinês Zhurong Mars são visíveis no canto inferior esquerdo desta imagem, capturada em 6 de junho de 2021 pela câmera HiRISE do MRO
    O pára-quedas e a proteção do rover chinês Zhurong Mars são visíveis no canto inferior esquerdo desta imagem, capturada em 6 de junho de 2021 pela câmera HiRISE do MRO

    Segundo o portal Space, Zhurong faz parte da missão Tianwen-1, que foi lançada em direção ao Planeta Vermelho em julho de 2020. Tianwen-1 também inclui um orbitador, que está estudando Marte de cima e servindo como um link de retransmissão entre Zhurong e os controladores na Terra.

    O Rover chinês vai estudar a geologia de sua zona de pouso e caçar gelo de água, entre outras tarefas, durante uma missão de superfície projetada para durar pelo menos três meses. O orbitador Tianwen-1, entretanto, conduzirá investigações mineralógicas e outras por pelo menos um ano de Marte, que é o equivalente a 687 dias terrestres.

    A câmera do MRO da NASA está em ação há muito tempo e já fotografou inúmeros robôs na superfície marciana. A espaçonave circula Marte há mais de 15 anos, estudando a geologia e o clima do planeta, explorando futuros locais de pouso e retransmitindo comunicações de naves de superfície para a Terra, entre outras tarefas.

    Mais:

    China divulga imagens de Marte tiradas pelo rover Zhurong (FOTOS)
    Rover chinês Zhurong inicia exploração de Marte (FOTOS)
    Novas FOTOS coloridas de Marte são reveladas pelo rover chinês Zhurong
    Tags:
    Marte, China, rover, orbitador, NASA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar