22:25 18 Junho 2021
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 160
    Nos siga no

    Rover Curiosity conseguiu registrar em Marte imagens de um fenômeno atmosférico muitíssimo incomum – nuvens que se formam em altitudes tão elevadas que consistem principalmente de dióxido de carbono cristalizado.

    O nosso planeta vizinho é um deserto seco e gelado, mas ele ainda tem algumas nuvens em sua fina atmosfera, que se formam em quantidades suficientes para afetar seu clima.

    As nuvens marcianas diferem daquelas que estamos acostumados a ver na Terra, onde as nuvens são principalmente compostas de partículas de água líquida ou de cristais de gelo suspensos.

    ​Às vezes você só precisa parar e ver as nuvens passando... em Marte. Dias nublados são raros aqui porque a atmosfera é tão fina e seca, mas eu tenho mantido minhas câmeras prontas e queria compartilhar algumas fotos recentes com vocês. 

    Em Marte, as nuvens se formam a partir de pequenos pedaços de gelo que se cristalizam em torno de partículas de poeira mineral, semelhante às chamadas nuvens noctilucentes na Terra.

    Nas imagens captadas pelo rover Curiosity da NASA as nuvens aparecem passando a uma altitude mais alta do que a habitual, a cerca de 60 km.

    ​Indo para o final de semana como uma nuvem em Marte. Este GIF mostra nuvens flutuando sobre o Monte Sharp. Cada imagem foi composta por seis fotos separadas. 

    A temperatura nesta região da atmosfera é suficientemente baixa para o dióxido de carbono se cristalizar. Por isso, as nuvens marcianas são provavelmente feitas de dióxido de carbono cristalizado, em vez de serem de água com as da Terra.

    ​Vagueei sozinho como uma nuvem em Marte... Estas são nuvens noctilucentes. Elas estão em altitude elevada na atmosfera e provavelmente são feitas de gelo seco. Seus cristais captam a luz desvanecida do Sol, o que as faz brilhar no céu escurecido.

    O dióxido de carbono sólido não é algo incomum em Marte. Na verdade, as suas calotas polares, que são compostas de gelo de água, são cobertas por camadas relativamente finas de gelo de CO2.

    As nuvens fotografadas pela sonda Curiosity são notáveis por suas cores cintilantes espetaculares, um colorido raro em Marte. Os cristais refletem a luz do Sol poente, criando uma brilhante e magnífica iluminação.

    Mais:

    VÍDEO captura rover Curiosity escalando Mont Mercou em Marte
    'Erros fantasmas': helicóptero da NASA sofre anomalia durante 6º voo em Marte (VÍDEO)
    FOTOS revelam 'estranho mundo' semelhante a Marte na África Ocidental
    Tags:
    Curiosity, NASA, fenômeno, atmosfera, Marte
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar