13:34 18 Junho 2021
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 90
    Nos siga no

    Uma zona de sepultamento no norte da Síria foi identificada por pesquisadores como, possivelmente, o memorial de guerra mais antigo do mundo.

    A localidade em causa, conhecida como Monumento Branco, na cidadela síria de Tal Banat, teria sido considerada uma antiga vala comum, onde eram jogados os corpos de combatentes inimigos, reporta o jornal The Guardian.

    No entanto, um relatório, publicado no jornal Antiquity nesta sexta-feira (28), sugere que o Monumento Branco foi um memorial para os mortos da comunidade em batalha em 3000 a.C.

    De acordo com a mídia britânica, existem várias localidades no norte do país com características idênticas, com várias possuindo inscrições mesopotâmicas como tributos à vitória dos exércitos.

    Localidade na Síria poderia ser o memorial de guerra mais antigo do mundo, segundo estudo. Arqueólogos dizem que Monumento Branco, em Tal Banat, seria um tributo aos mortos nas guerras em 3000 a.C.

    A professora Anne Porter, autora principal do estudo, da Universidade de Toronto, explica que não se sabe "se foram os vencedores ou os derrotados na batalha [enterrados na vala]. Sabemos que eles levaram os corpos dos mortos de outro lugar, talvez muito depois do evento, e os enterraram em um monte enorme que era visível a quilômetros de distância", citada na matéria.

    Deste modo, a teoria de Porter sugere que a construção de tal memorial poderia ter como objetivo enviar uma mensagem clara para outras comunidades próximas.

    Adicionalmente, também levanta a possibilidade de ainda ser desconhecido o significado de outras estruturas semelhantes na região e no centro da Síria, o que poderia conferir locais férteis para a pesquisa arqueológica.

    Mais:

    Arqueólogos desenterram 250 túmulos do Egito Antigo escavados na montanha (FOTOS)
    Templo histórico emerge de represa em meio à seca no México (FOTOS)
    Arqueólogos acham capela medieval debaixo de igreja barroca em Malta (FOTOS)
    Tags:
    História, vala comum, sítio arqueológico, Oriente Médio, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar