20:30 18 Junho 2021
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 22
    Nos siga no

    Novo projeto da NASA visa explorar o solo lunar e enviar a primeira astronauta à Lua. O investimento na missão ultrapassa os R$ 2,3 bilhões em custos de desenvolvimento e operações do rover.

    Esta nova missão da Administração Nacional de Aeronáutica e Espaço (NASA) vem como parte do Programa Artemis da agência espacial dos EUA, um programa internacional criado em 2017 para enviar humanos à Lua em meados da década de 2020. A NASA se comprometeu a enviar a primeira astronauta-mulher à Lua.

    A NASA anunciou que, em 2023, enviará seu primeiro robô à Lua para procurar gelo e outros recursos naturais no subsolo do satélite natural. O robô, apelidado de Rover de Exploração Polar de Investigação de Voláteis (VIPER, em inglês), terá a tarefa de mapear recursos ao redor do polo sul lunar. Além disso, os faróis do VIPER permitirão ao equipamento explorar regiões sombrias do satélite natural.

    "Os dados recebidos do VIPER têm o potencial de ajudar nossos cientistas a determinar localizações precisas e concentrações de gelo na Lua e nos ajudarão a avaliar o meio ambiente e os recursos potenciais no polo sul lunar, como preparação para os astronautas da missão Artemis", disse Lori Glaze, diretora da Divisão de Ciência Planetária da NASA em Washington.

    "Este é mais um exemplo de como as missões científicas robóticas e a exploração humana andam de mãos dadas, e por que ambas são necessárias enquanto nos preparamos para estabelecer uma presença sustentável na Lua."

    Rover Perseverance da NASA tira selfie com helicóptero Ingenuity
    Rover Perseverance da NASA tira selfie com helicóptero Ingenuity

    A NASA investiu pelo menos US$ 433,5 milhões (equivalente a mais de R$ 2,3 bilhões) nos custos de desenvolvimento e operações do Rover.

    "O VIPER será o robô mais capaz que a NASA já enviou para a superfície lunar e nos permitirá explorar partes da Lua que nunca vimos", disse a cientista Sarah Noble do programa VIPER, em comunicado à imprensa.

    Segundo o plano da agência, o equipamento dará aos cientistas informações sobre a origem e distribuição da água na Lua e preparará o Homem para coletar recursos a mais de 386 mil quilômetros da Terra. Isso permitirá, no futuro, enviar com segurança astronautas "ainda mais longe no espaço, incluindo Marte", segundo a NASA.

    Mais:

    Lote lunar: empresário indiano compra terreno na Lua para filho recém-nascido
    Nave espacial do tamanho da Lua é vista saindo do Sol, diz blogueiro espacial (VÍDEO)
    Cientistas aconselham agilizar missão à Lua para não pegar tempestades solares perigosas
    Tags:
    milionário, missão lunar, gelo, missão, NASA, Lua
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar