22:23 23 Junho 2021
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 82
    Nos siga no

    A Apple segue batendo recordes financeiros. No entanto, escândalos um atrás do outro aumentam a preocupação em torno da App Store.

    Após chamar a atenção internacional com as recentes revelações sobre a existência de cassinos ocultos em jogos para crianças e uma fábrica de aplicativos VPN fraudulentos para iOS na App Store, o desenvolvedor Kosta Eleftheriou anunciou um novo software que revelou fraudes na AppStore girando em torno de "bilhões de dólares".

    "Até agora, foram encontrados centenas de aplicativos fraudulentos, incluindo diversos golpes multimilionários que permaneceram sem controle durante meses ou anos, enquanto a Apple cobra seus 30%", relatou Eleftheriou à Forbes.

    O desenvolvedor já havia anunciado o software no início do mês, respondendo a um pedido feito em 2015 pelo antigo vice-presidente sênior de marketing de produtos da Apple a nível mundial, Phil Schiller: "Por favor, desenvolvam um sistema para encontrar automaticamente aplicativos de baixa classificação e nos livrarmos deles".

    O desenvolvedor sofreu golpes de aplicativos da AppStore em sua própria pele. Depois de criar o popular FlickType para a Apple Watch, seu sucesso foi prejudicado por diversos aplicativos fraudulentos operando com nomes semelhantes, que ficaram com as rendas.

    Além de Eleftheriou, a Epic Games, a Spotify, o Match Group e diversos outros desenvolvedores criticaram e atacaram a Apple por suas práticas desleais e exploradoras na App Store.

    O engenheiro sênior antifraude da Apple, Eric Friedman, também foi citado em documentos legais no mês passado, afirmando que as defesas da AppStore eram como "levar uma faca de plástico para um tiroteio".

    "A AppStore não é um lugar confiável para baixar aplicativos, porém infelizmente é o único lugar", assegurou Eleftheriou.

    "Sendo assim, seja prudente e faça sua própria investigação fora da App Store antes de baixar qualquer aplicativo. Não acredite nas informações de marketing da Apple e não confie em nenhuma das classificações ou análises. Não assuma que a Apple vai reembolsar você ou mesmo notificar se você tiver sido vítima de um aplicativo nocivo", concluiu.

    Mais:

    Usuários do WhatsApp que não aceitarem novos termos não conseguirão enviar mensagens, diz portal
    Whatsapp vai deixar de rodar em versões antigas do sistema operacional do iPhone
    WhatsApp ganhará nova função de fotos autodestrutivas para maior segurança da comunicação
    Tags:
    Fraudes, tecnologias, tecnologia, telefone, apple, Apple
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar