18:45 12 Maio 2021
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    231
    Nos siga no

    A agência de segurança MI5 afirmou que ao menos dez mil britânicos foram abordados por perfis falsos, ligados a Estados hostis, na rede de trabalho LinkedIn nos últimos cinco anos.

    A agência alertou que espiões estrangeiros estão usando o LinkedIn para manter contato com funcionários públicos britânicos e fazer com que eles compartilhem informações secretas.

    Além das pessoas ligadas a departamentos governamentais, a MI5 afirmou que pessoal de importantes indústrias também foi alvo de espiões na rede, que agem com perfis falsos.

    Logo da LinkedIn
    Logo da LinkedIn

    Recentemente, a agência de espionagem MI5 lançou uma campanha para alertar o governo e a população britânica sobre esta ameaça, segundo a BBC.

    "Perfis maliciosos em uma rede de trabalho profissional estão sendo usados em uma escala industrial", afirmou Ken McCallum, diretor do MI5.

    De acordo com a agência, estes espiões oferecem oportunidades para discursar ou de negócios e viagens para tentar recrutar as pessoas e obter informações classificadas.

    Mais:

    Espionagem na Internet: contas em redes sociais suspensas na China após vazamento de dados militares
    Site alemão da RT prepara processo contra jornal Bild após acusações de 'espionagem' de Navalny
    'Mania de espionagem': Rússia critica decisão da Bulgária de expulsar 2 diplomatas russos
    Tags:
    LinkedIn, rede de espionagem, espionagem, Reino Unido
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar