14:45 17 Abril 2021
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 40
    Nos siga no

    Uma equipe de cientistas encontrou no sítio arqueológico de Haojing, localizado na província de Shaanxi, no noroeste da China, vestígios de um grande edifício construído durante a dinastia Zhou, entre os anos 1046 e 771 a.C.

    De acordo com a agência de notícias Xinhua, o edifício 14, como foi chamado o imóvel descoberto e escavado entre 2019 e 2020 pelo Instituto provincial de Arqueologia, foi construído em um eixo norte-sul e conta com uma superfície superior a 1.800 metros quadrados.

    No local, foi desenterrada uma grande quantidade de vestígios, entre os que se destacam crânios de bovinos, ovinos e suínos recuperados dos poços de sacrifício.

    Além disso, foram descobertos sistemas completos de drenagem, telhas e outros materiais de construção.

    De acordo com os especialistas, estas descobertas sugerem que as ruínas encontradas pertenciam a um templo ancestral ou um edifício palaciano utilizado pelo imperador Zhou Wu há aproximadamente três mil anos.

    Os arqueólogos afirmam que estas descobertas podem ajudar a revelar informações sobre a divisão funcional da antiga capital da dinastia Zhou Ocidental.

    Mais:

    Arqueólogos encontram parte de prego que seria da cruz de Jesus (FOTO)
    Arqueólogos descobrem na Bulgária assentamento desconhecido da Idade Média (FOTOS)
    Mais de 27 mil relíquias arqueológicas são apreendidas na casa de saqueador na França (FOTOS)
    Tags:
    dinastia, China, arqueólogos, arqueólogo, arqueologia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar